Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8778
Título: Pobreza multidimensional nos estados brasileiros de 2003 a 2015 : mensuração e determinantes
Autor(es): Ferreira, Taís Regina da Silva
Orientador: Giuberti, Ana Carolina
Coorientador: Monte, Edson Zambon
Palavras-chave: Pobreza Multidimensional
Políticas públicas
Data do documento: 3-Mai-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A proposta desta pesquisa é verificar o impacto de variáveis econômicas e sociais sobre a pobreza, mensurada a partir do Índice Multidimensional de Pobreza (IMP) dos estados brasileiros, calculado para o período de 2003 a 2015. Esse índice foi desenvolvido a partir do emprego do método Alkire-Foster e fez uso dos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD). Para atingir o objetivo do estudo, foi aplicada a metodologia econométrica de dados em painel efeitos fixos, na qual o IMP foi a variável dependente e, assim, foi possível testar a relação da mesma com a taxa de participação na economia, a taxa de crescimento, a renda domiciliar per capita, as transferências diretas do governo per capita, as despesas públicas sociais municipais per capita e as despesas públicas sociais estaduais per capita. Os resultados obtidos indicam que políticas voltadas à distribuição de renda direta, como o Programa Bolsa Família, são mais efetivas para a redução da pobreza multidimensional em comparação com as despesas públicas municipais e estaduais. Por outro lado, mesmo com menor impacto, as despesas públicas municipais e estaduais também reduzem a pobreza. Os estados das regiões Norte e Nordeste apresentaram os maiores IMPs e o indicador não possuir nenhum tipo de contribuição junto à previdência foi aquele no qual os indivíduos apresentaram maior carência dentro do período analisado.
The purpose of this research is to verify the impact of economic and social variables on poverty, measured from the Multidimensional Poverty Index (MPI) of the Brazilian states, calculated for the period from 2003 to 2015. The index was developed using the Alkire- Foster method and made use of data from the National Household Sample Survey (PNAD). To achieve the study goal, we applied the econometric methodology of panel data - fixed effects, where the MPI was the dependent variable and we test the relation with the participation rate in the economy, the growth rate, the per capita household income, direct government transfers per capita, municipal social public expenditures per capita, and state public expenditures per capita. The results indicate that policies aimed at the distribution of direct income, such as the Bolsa Família Program, are more effective in reducing multidimensional poverty, compared to municipal and state public expenditures. On the other hand, even with less impact, municipal and state public expenditures also reduce poverty. The states of the North and Northeast presented the highest MPIs and the indicator "did not have any type of contribution with the social security" was the one that the individuals presented greater deficiency within the analyzed period.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8778
Aparece nas coleções:PPGECO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10210_Dissertação Taís Ferreira VERSÃO FINAL.pdf2.23 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.