Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8786
Título: Uma análise evolucionária sobre o processo de destruição criadora : a transição da indústria da música para uma economia de redes da música
Autor(es): Martins, Elvira Carolina Scapin
Orientador: Felipe, Ednilson Silva
Palavras-chave: Instituições e Indústria da Música
Data do documento: 31-Ago-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Este trabalho faz uma análise evolucionária sobre a reestruturação que a indústria da música vem presenciando desde o ano 2000. Compreende-se que a indústria da música está passando por um processo de mudança e de ruptura econômica e institucional acarretado principalmente pelo surgimento e disseminação das novas tecnologias de informação e comunicação (TIC). As inovações digitais e virtuais provocaram uma tempestade de destruição criadora ao afetar o principal produto que movimentava essa indústria, no caso, o disco, que está sendo substituído por outras modalidades de consumo da música, como o download, o streaming e os shows. Essa revolução tecnológica gerou uma crise na indústria fonográfica, ao afetar suas instituições e um modelo de negócios que perdurava desde a década de 1950. Se as grandes gravadoras perderam seu poder sobre o processo de inovação no seu mercado e viram suas receitas diminuírem, por outro lado, foi presenciado o surgimento de uma rede de serviços com novos atores econômicos e novos modelos de negócios ligados as novas tecnologias de informação e comunicação. Logo, observa-se que a indústria fonográfica está gradualmente sendo substituída por uma rede serviços da música. O objetivo desde trabalho é compreender a dinâmica desta transição sob a ótica evolucionária, de forma a entender a relação dos agentes desta indústria (gravadoras e músicos) com os novos intermediários da música gravada e refletir sobre as principais tendências da nova realidade do mercado da música gravada.
This research is an evolutionary analysis of the music industry restructuring that has been occurring since 2000. It understands that the music industry is going through a process of change and disruption in economic and institutional spheres brought about by the emergence and spread of new information and communication technologies (ICT). Digital and virtual innovations caused a "storm" of creative destruction that affected the main product that moved this industry, the disc, which is being replaced by other consumer forms of music, such as download, streaming and shows. This technological revolution originated a crisis in the music industry and its institutions and changed a business model that had existed since the 1950s. If the record companies loosed their power over the innovation process in your market and have seen their revenue decrease, on the other hand, it has seen the emergence of services network with new economic actors and new business models linked to new information and communication technologies. Thus, it is observed that the recording industry is gradually being replaced by network music services. The objective of this research is to understand the dynamics of this transition in the evolutionary perspective, in order to understand the relationship of the agents of this industry (record labels and musicians) with the new intermediates of recorded music and reflect on the main trends of the new reality of the global recorded music market
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8786
Aparece nas coleções:PPGECO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_8230_Elvira Martins - Dissertação - Versão Final 11 10 2016.pdf1.5 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.