Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8793
Título: Concentração, operacionalização e rentabilidade bancária no Brasil pós-real
Autor(es): Barbosa, Flávia Félix
Orientador: Arthmar, Rogério
Palavras-chave: Concentração
Operacionalização
Rentabilidade
Data do documento: 12-Dez-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A presente dissertação tem como tema central as mudanças na concentração, na operacionalidade e na rentabilidade bancária no Brasil no período pós-Plano Real, propriamente entre 1994 e 2014. Para tanto, discute-se a importância do Plano Real, da liberalização financeira e da recente crise financeira internacional nas amplas transformações por qual passou o setor bancário brasileiro. A pesquisa se pauta numa abordagem teórico-empírica, à luz do referencial pós-keynesiano, para demonstrar a evolução da concentração e da estrutura operacional, tanto do lado das operações ativas como do lado das operações passivas. A análise de dados e indicadores sele¬cionados mostra que o setor bancário alçou patamares de concentração sem precedentes, além de manter um perfil operacional líquido e altamente rentável, apesar da redução da liquidez do setor e da rentabilidade dos bancos privados no período pós-crise. Isso foi possível, fundamentalmente, em razão das reestruturações propostas pelo governo e pelo Banco Central em face das dificuldades de boa parte dos bancos após a introdução do Plano Real e após os desdobramentos crise internacional, e do comportamento extremamente dinâmico dos grandes bancos nacionais.
This dissertation is focused on the changes in concentration in operation and bank profitability in Brazil in the post-Real Plan period, specifically between 1994 and 2014. Therefore, discusses the importance of the Real Plan, financial liberalization and recent international financial crisis in large transformations which passed the Brazilian sector. The research guided in a theoretical and empirical approach, the light of post-Keynesian framework to demonstrate the evolution of concentration and operational structure, both on the side of active operations as the side of lending operations. The analysis and selected indicators shows that the banking sector lifted unprecedented concentration levels, while maintaining a net operating profile and highly profitable, despite the reduction of banking sector liquidity and profitability of private banks in the post-crisis period. This was possible mainly because of the restructuring proposed by the government and the Central Bank in the face of the difficulties of most of the banks with the introduction of the Real Plan in 1994 and after the international crisis started in 2007, and extremely dynamic behavior of the big banks.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8793
Aparece nas coleções:PPGECO - Dissertações de mestrado



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.