Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8904
Título: Uma análise crítica do consumo na comunidade solidária do Jaburu - ES
Autor(es): Oliveira, Victor Santos
Orientador: Souza, Suzane Petinelli
Palavras-chave: Crítica
Consumo
Economia solidária
Comunidade solidária
Data do documento: 13-Jun-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A presente dissertação tem por objetivo compreender como o consumo é vivenciado na comunidade solidária do morro do Jaburu, a partir das representações dos moradores locais enquanto consumidores. Nesse sentido, buscou-se desenvolver interpretações a respeito das representações narradas. Para tanto, foi desenvolvida, inicialmente, uma investigação exploratória que permitisse vislumbrar o locus escolhido a partir de uma inserção inicial que possibilitasse a identificação de questões relevantes aos consumidores locais. Nessa fase, foram realizadas entrevistas abertas com comerciantes, que possibilitaram identificar elementos de padrões do consumo local. A fim de prosseguir e completar esta pesquisa qualitativa, optou-se por triangular a pesquisa a partir das técnicas de coleta de dados de entrevistas semiestruturadas e observação não participante, juntamente com a técnica de análise de conteúdo. A fase de coleta de dados ocorreu entre os meses de julho e outubro de 2015, fase essa que contou com uma etapa inicial exploratória e uma segunda etapa de entrevistas semiestruturadas. Os dados coletados foram analisados por meio da análise de conteúdo, a partir de categorias êmicas, posteriormente organizadas em três categorias temáticas. Os resultados obtidos apontam para o entendimento de um fenômeno social complexa, ininterrupto, a partir de processos de espelhamento, aproximação, separação e distanciamento para com o grupo social no qual os entrevistados estão inseridos. A complexidade está pautada nas matrizes culturais as quais estamos expostos, e fazemos parte, podendo o caráter social solidário do consumo na comunidade ser uma forma de resistência. Desta forma, abre-se ainda a possibilidade de novos olhares, tanto em perspectivas teóricas como conceituais, em estudos que busquem a compreensão de fenômenos sociais e organizacionais presentes em comunidades solidárias, ou ainda em empreendimentos não capitalistas.
This study had its goal set on the understanding of how the consumption is experienced in the solidarity community of Jaburu, through the representations of local inhabitants as consumers. Therefore, the author has developed interpretations off the narrated representations. In the intent of completing this task, an exploratory investigation was developed to support an overlook of the chosen locus from an initial insertion on the field in order to make possible an identification of relevant questions to the local consumers. In this stage, open interviews with local market owners were applied as technique to unravel elements of local consumption patterns. In order to continue and complete this qualitative study, the author chose to triangulate the research through the data collection techniques of semi-structured interviews and non-participant observation, alongside with the content analysis technique. The apprehension of field data occurred through the months of July and October of 2015, composed by an initial exploratory stage and a second moment in which semi-structured interviews were used. The collected data were analyzed using content analysis, developed from emic categories, organized into three thematic categories. The results point towards an understanding of a complex social phenomena, made possible by the processes of “mirroring”, “approximation”, “separation” and “distancing”. The complexity is based on the cultural matrixes to which we are exposed, and are a part of, in which the social character of solidarity is a possibility for resistance. Thus, it would also make new understandings possible, both in theoretical and conceptual perspectives, for studies that seek the comprehension of social and organizational phenomena made present in solidarity communities, or even in non-capitalist enterprises.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8904
Aparece nas coleções:PPGADM - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_11259_Dissertação - Victor Santos Oliveira.pdf844.75 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.