Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8923
Título: Quem Vai Organizar?... Ainda Não Entrou na Minha Cabeça!: Etnografando o Carnaval de Congo de Máscaras de Roda dAgua/Cariacica (ES)
Autor(es): Silva, Nathália Brunet Procópio da
Orientador: Fantinel, Letícia Dias
Data do documento: 26-Abr-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A presente dissertação teve como objetivo compreender como se articulam as estratégias e táticas no organizar espacial do Carnaval de Congo de Máscaras de Roda Dágua. Festa secular, originária do contexto escravista brasileiro, apresentasse hoje protagonizada pelas Bandas de Congo, constituindo-se como representativa de uma produção cultural afro-brasileira. Assim, partiu-se de um referencial teórico ancorado na Teoria das Práticas, em sua abordagem filosófica, proposta por Michel de Certeau (1985; 2003; 2008; 2012), articulada a reflexões sobre espaço nos estudos organizacionais e festas em diferentes campos do conhecimento, bem como nas problematizações tecidas por Hall (2003; 2011) e Sansone (2004) sobre a cultura negra no contexto contemporâneo. Como metodologia de pesquisa adotou-se a etnografia, valendo-se de observação participante para apreensão dos dados, fazendo o uso de diários de campo e registros audiovisuais e fotográficos. Durante o campo, houve maior aproximação com uma banda especificamente, sob a qual a perspectiva da participação se efetivou. A permanência em campo se deu de janeiro a setembro de 2017. A interpretação dos dados partiu de categorizações êmicas refletidas, principalmente, diante das noções de lugar, espaço, estratégias e táticas de Certeau (2008). Os resultados apreendidos indicam que o congo na região se estabelece em meio a redes de relações instáveis e constantes apropriações espaciais. Revela, por um lado, investidas na construção do congo como lugar próprio, em torno da produção de sensos de pertencimento que delineiam identificações e geram estabilidades, por outro, táticas que operam sob uma lógica situacional, driblando opressões e desestabilizando os lugares de poder. Desta forma, espera-se contribuir para ampliação das discussões das produções culturais afro-brasileiras no campo administrativo, bem como, do ponto de vista teórico, ressaltar o uso político de estratégias e táticas no cotidiano. Palavras chaves: Certeau. Prática. Espaço. Festas populares. Congo capixaba. Cultura afro-brasileira.
The objective of this dissertation was that of understanding how strategies and tactics are articulated in congo’s spatial organization at “Congo de Máscaras” Carnival. This Carnival is a secular party, originated from the Brazilian slavery context. Today it is carried out by the congo bands, and it is a reference to AfroBrazilian cultural productions. Thus, the work was started from a theoretical framework anchored in the Practices Theory, in its philosophical approach as proposed by Michel de Certeau (1985; 2003; 2008; 2012), combined to reflections on space, in organizational studies, and parties in different fields of knowledge, as well as in the problematizations made by Hall (2003; 2011) and Sansone (2004) on black culture in a contemporary context. The research methodology adopted was the ethnography, using participant observation to capture the data and making use of field diaries and audiovisual and photographic records as well. During fieldwork, held from january/2017 to september/2017, there was a closer involvement with a specific band, allowing the perspective of a “participation”. The interpretation of data was based on emic categorizations, that were thought mainly in view of Certeau's (2008) notions of place, space, strategies and tactics. The apprehended results indicate that congo is established in the region amid unstable relations networks and constant spatial appropriations. On the one hand, they also show attempts on making congo a proper place, around the production of sense of belonging that delineates identifications and generates stabilities. On the other, tactics that operate under a situational logic, dodging oppressions and destabilizing the places of power. In this way, this work expects to contribute to the broadening of discussions on AfroBrazilian cultural productions in the administrative field, as well as to emphasize, from a theoretical approach, the political use of strategies and tactics
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8923
Aparece nas coleções:PPGADM - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12280_Dissertação final Nathália Procópio.pdf2.16 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.