Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8967
Título: Imersão estrutural, imersão relacional e competência de rede como impulsionadores da qualidade dos serviços das unidades básicas de saúde
Autor(es): Gabriel, Mikaelli Orlande
Orientador: Zanquetto Filho, Hélio
Coorientador: Oliveira, Marcos Paulo Valadares de
Palavras-chave: Redes interorganizacionais
Data do documento: 31-Out-2014
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O presente trabalho teve como objetivo, a partir do mapeamento da rede de relações entre as 29 Unidades Básicas de Saúde da cidade de Vitória, investigar a relação entre a competência de rede e as imersões relacionais e estruturais com a qualidade de serviço prestada pelas Unidades Básicas de Saúde. Para tanto, com base na teoria, propôs-se um modelo estrutural que relaciona os construtos Imersão Relacional, Imersão Estrutural e Competência de Rede com o constructo Qualidade do serviço. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com gestores da secretaria de saúde do estado do Espírito Santo e da central de regulação de Vitória, e, posteriormente, foram aplicados questionários com os gestores das 29 Unidades Básicas de Saúde de Vitória. Foram realizadas análises de rede com o software Ucinet e utilizou-se também a modelagem de equação estrutural com o Sofware Smartpls. Como resultados, obteve que a rede estudada pode ser melhor explorada por meio do estímulo do surgimento de novas relações, já que as existentes correspondem a apenas 22.2% das relações possíveis. Outro resultado obtido neste trabalho foi a identificação de relações significativas entre os construtos competência de rede e qualidade do serviço. O impacto da imersão estrutural e da imersão relacional na qualidade do serviço não pôde ser confirmado, porém novas pesquisas podem ser feitas utilizando a qualidade do serviço percebida pelo paciente e testando novamente este modelo com os referidos dados.
This study aimed, from mapping the network of relationships among the 29 basic health units in the city of Victoria, to investigate the relationship between network competence and relational and structural immersions with the quality of service provided by the basic units health. To do so, based on the theory, it was proposed a structural model that relates the Relational Immersion, Immersion Structural and Competence Network constructs with the construct of quality service. Semi-structured interviews were conducted with managers of the health department of the state of Espírito Santo and the central regulation of Victoria, and later questionnaires with managers of 29 basic health units in Victoria were applied. Network analysis with UCINET software were made and also used a structural equation modeling with SmartPLS software. The obtained results, the studied network can be best explored by stimulating the emergence of new relationships, since existing account for only 22.2% of the possible relations. Another result of this study was to identify significant relationships between the constructs of network competence and quality of service. The impact of structural embeddedness and relational immersion in service quality could not be confirmed, but new research can be done using the quality of service perceived by the patient and testing this model with those data again.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8967
Aparece nas coleções:PPGADM - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_8410_DISSERTAÇÃO_MIKAELLI_201420150602-113318.pdf2.72 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.