Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8974
Título: A transformação social de uma ferramenta potencialmente estratégica no contexto organizacional
Autor(es): Cardoso, Eros Renato Silva
Orientador: Silva, Alfredo Rodrigues Leite da
Palavras-chave: Construção Social
Ferramentas Estratégicas
Estratégia
Data do documento: 9-Jul-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A partir do olhar dado pela Construção Social (CS) alinhado ao campo dos Estudos Baseados em Prática (EBP) com foco na Estratégia como Prática, é possível constatar que as estratégias organizacionais podem interferir em seu contexto social e nos próprios indivíduos que compõem uma/a organização, que por sua vez podem modificá-la, num ciclo de influências mútuas não homogêneas. Dessa compreensão, se aponta que esse ciclo também ocorre com as ferramentas estratégicas aplicadas em uma organização. Mais ainda, essas mesmas ferramentas estão suscetíveis a transformações ao entrar no contexto organizacional pela forma que serão utilizadas. O objetivo deste estudo é compreender a transformação de um software, com potencial para ser uma ferramenta estratégica, pelas construções sociais dos atores inseridos em um contexto organizacional. Para isso, dentro da concepção interpretativista, a coleta de dados foi realizada por meio de dezessete entrevistas semiestruturadas, vinculadas à observação participante, e análise documental em uma empresa familiar do Espírito Santo que atua em revenda de equipamentos comerciais. O tratamento dos dados foi baseado no método fenomenológico apresentado por Macedo, Boava e Antonialli (2012) o método de Sanders (1982), com modificações propostas pelo autor, para alinhar-se a estudos em organizações. Com base na análise dos dados foram identificados três temas principais: a escolha e as expectativas; o uso; e a transformação em ferramenta estratégica. Esses temas envolvem questões como despreparo; feeling; redes de motivos e interesses; imposições; heranças do contexto; tentativas (d)e manutenção de práticas; experiência de vida do indivíduo e interesses organizacionais que; entre outros, evidenciaram que as transformações da ferramenta foram causadas pelas redes de motivos e interesses, tanto institucionais quanto específicos dos atores sociais, imersos em construções sociais do contexto.
Taken from the viewpoint of Social Construction (SC), aligned with the field of Practice-Based Studies (PBS) focusing on the strategy-as-practice approach, it is possible to note that organizational strategies may interfere with the social context of an organization and its individuals, who thereby may eventually modify it, in a cycle of non-homogenous mutual influences. Bearing this in mind, it is pointed out that such cycle also occurs to the strategic tools applied to an organization. Furthermore, these very same tools are susceptible to transformation as they are inserted in the organizational context through the way they are to be utilized. Therefore, the main objective of this study is to understand the transformation of a software, with potential to be a strategic tool, through the social constructions of the actors involved in an organizational context. For that, within the interpretitivist conception The data collection was carried out by means of seventeen semi-structured interviews, along with participant observation as well as document analysis at a well-known company of Espírito Santo which works in the commercial equipment resale industry. Data processing was done through the phenomenological method presented by Macedo, Boava and Antonialli (2012) the method of Sanders (1982), with modifications suggested by the author, in order to align it with studies in organizations. Based on the data analysis, three main themes have been identified: choice and expectations; the use; and the transformation into strategic tool. Those themes center around issues such as the lack of preparation; the feeling; motive and interest-based networks; impositions; heritages from context; attempts of/and management of practices; an individual’s life experience and organizational interests which, among others, brought up the fact that tool transformations were triggered by motive and interest-based networks, being such motives and interests as much institutional as specific of social actors, immersed in contextual social constructions.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8974
Aparece nas coleções:PPGADM - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_9077_Dissertacao Eros.pdf1.48 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.