Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9019
Título: A experiência do grupo condutor na implantação do Nasf em Vitória-ES
Autor(es): Calente, Daniele Stange
Orientador: Silva, Fabio Hebert da
Coorientador: Caliman, Luciana Vieira
Palavras-chave: Nasf
Apoio matricial
Gestão
Processos de trabalho em saúde
Data do documento: 23-Out-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: CALENTE, Daniele Stange. A experiência do grupo condutor na implantação do Nasf em Vitória-ES. 2017. 125 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Institucional) - Universidade Federal do Estado do Espírito Santo, Centro de Ciências Humanas e Naturais. CALENTE, Daniele Stange. A experiência do grupo condutor na implantação do Nasf em Vitória-ES. 2017. 125 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Institucional) - Universidade Federal do Estado do Espírito Santo, Centro de Ciências Humanas e Naturais.
Resumo: Esta dissertação se interessa em narrar uma trajetória que acompanha o processo de trabalho do grupo condutor de implantação dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (Nasf) em Vitória ES. O grupo condutor foi constituído por profissionais do nível central da Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) com o objetivo de transformar as práticas dos profissionais de apoio da atenção básica (psicólogos, assistentes sociais, fonoaudiólogos, profissionais de educação física na saúde e farmacêuticos) em equipes Nasf e tomou essa tarefa ao pé da letra. Considerando essa transformação das práticas como algo maior que o credenciamento desses profissionais junto às instâncias gestoras federais, o grupo condutor do Nasf organizou uma série de atividades e ações com vistas a apoiar a consolidação dessas equipes e de suas práticas de acordo com a lógica do apoio matricial. Busca-se analisar as questões que essa experiência produz no próprio grupo condutor, no nível central da SEMUS, nos profissionais da atenção básica que formam as equipes e na pesquisadora. Para essa análise, utilizamos o diário de campo da pesquisadora e outros registros como atas e memórias de reuniões produzidos coletivamente pelo grupo condutor. Tendo como referencial metodológico a Pesquisa-Intervenção e o método cartográfico, procura-se cultivar pistas para a problematização das práticas clínicas, de gestão e de formação em saúde, possibilitando a emergência de novas práticas, que se desenvolvam de maneira coletiva e constituam outros modos de existência. Palavras-chave: Nasf; apoio; apoio matricial; gestão; processos de trabalho em saúde; atividade.
This dissertation is interested in narrating a trajectory that follows the work process of the group responsible for implanting the Support Centers for Family Health (NASF) in Vitória - ES. This conducting group was formed of professionals from the central level of the Municipal Health Department (SEMUS) with the purpose of transforming practices of the professionals from the support of the primary health care (psychologists, social workers, speech therapists, professionals of physical education in the health and pharmacists) in NASF teams and they “embraced” that commitment. Considering this transformation as something greater than the accreditation of these professionals to the federal management bodies, the NASF conducting group organized a series of activities and actions in order to support the consolidation of these teams and their practices according to the matrix support logic. It seeks to analyze the issues that this experience produces in the group itself, at the central level of SEMUS, in the primary health care professionals that form the teams and also in the researcher. For this analysis, we used the researcher's field diary and other records such as minutes and memoirs of meetings produced collectively by the conducting group. Taking as a methodological reference the Research-Intervention and the cartographic method, it seeks to develop clues for the problematization of the clinical practices, management and certification in healthcare, enabling the emergence of new practices, that are developed in a collective way and constitute other means of existence.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9019
Aparece nas coleções:PPGPSI - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_11452_DANIELE STANGE.pdf1.46 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.