Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9024
Título: Uma tessitura entre saberes e práticas : rabiscos sobre o estigma, a produção de cuidado e a formação dos profissionais da saúde na atenção ao suicídio
Autor(es): Xavier, Danielly Abreu
Orientador: Leão, Adriana
Data do documento: 26-Mar-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Objetiva-se analisar as capacitações oferecidas aos profissionais de Saúde sobre a efetivação do cuidado às pessoas que vivem questões relacionadas ao suicídio. A ênfase está no campo das políticas públicas estabelecidas no Brasil. A pesquisa desenvolve-se por revisão narrativa de literatura, com o seguinte corpus de análise:periódicos científicos publicados nas principais bases de dados eletrônicas da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), como Medline e Lilacs; periódicos do portal da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); textos acadêmicos da Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD); livros, dissertações, publicações governamentais e outras referências citadas nos trabalhos, em articulação com a trajetória profissional do pesquisador numa análise de implicação. A utilização dos dados se deu a partir da modalidade de análise temática. As categorias tratadas no estudo são: estigma e tabu, produção do cuidado, prevenção do suicídio e formação profissional. O diálogo com a produção acerca do tema ocorreu pelo eixo da Micropolítica do Trabalho Vivo em Ato, especialmente com o teórico Merhy (2003; 2011), que emprega conceitos da cartografia e da esquizoanálise. Constatou-se que o perfil da formação do profissional da Saúde interfere diretamente na produção do cuidado dispensado às pessoas com comportamento suicida, incluindo a estigmatização. O fortalecimento e a efetivação dos princípios e diretrizes das políticas de Saúde, incluindo uma política para a prevenção ao suicídio, é um desafio aos profissionais e gestores, na medida em que há uma fragmentação entre a identificação das reais necessidades em saúde e o intuito de elaborar estratégias que produzam saúde integral. Nesse contexto, a qualificação e o comprometimento dos profissionais de Saúde se tornam mais que uma estratégia, uma atitude diante da vida. As formações específicas sobre o tema suicídio podem ser realizadas, com a garantia de educação permanente como estratégia de promoção e prevenção inseridas no cotidiano dos profissionais. Palavras-chave: Prevenção do suicídio. Formação do profissional de Saúde. Produção do cuidado. Estigma.
The aim is to analyze qualifications offered to healthcare professionals that nurse people with suicidal matters, emphasizing the field of public politics established in Brazil. The research was carried out through a narrative review of literature and taking the following analysis corpus: scientific journals published on the mainstream electronic data of the Virtual Health Library (BVS), such as Medline and Lilacs; journals from the Coordination for the Improvement of Higher Education Personnel (CAPES); academic papers from the Brazilian Digital Masters and Doctoral Thesis Library (BDTD); books, master´s thesis, governmental reports as well as other references used along the papers, in articulation with the researcher’s own career. The data were used through the modality of theme analysis. The categories addressed in this study are stigma and taboo, care giving production, suicide prevention and professional qualification. The dialog of the research and the theme was held within the pillar of Live Work Micro politic in Act, from the theoretical Merhy (2003; 2007) and his dialogue with other authors. Regarding the healthcare professional, it was determined that their profile interferes directly on the production of the giving care offered to the ones with suicidal behavior, including stigmatization. The strengthening and establishment of the principles and guidelines of health politics, including politics to prevent suicide, challenge both professionals and managers, since the identification of health sphere real needs detaches from the intent to elaborate new strategies the yields full heath issues. Within this context, the qualification and engagement of the health professionals becomes more than a strategy, but a stand toward life. The specific qualifications about suicide issues can be reached by securing permanent education as a method for promotion and prevention embedded on these professionals daily life.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9024
Aparece nas coleções:PPGPSI - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_11929_DANIELLY ABREU XAVIER.pdf1.18 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.