Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9036
Título: Comparações sociais e preocupações posicionais : um estudo exploratório com estudantes universitários brasileiros
Autor(es): Moraes, Leandro Gama
Orientador: Tokumaru, Rosana Suem
Data do documento: 20-Ago-2012
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Diversos estudos evidenciam o papel de comparações sociais no comportamento e na tomada de decisão humanos, com uma crescente contribuição de perspectivas evolucionistas para este debate. O caráter posicional de um item designa o quanto seu valor depende de comparações com aquilo que é possuído pelas demais pessoas em determinado contexto. Itens cujo valor depende fortemente dessas comparações são denominados "bens posicionais" e itens que dependem menos destas, são chamados "bens não posicionais". O presente estudo teve por objetivo realizar uma investigação exploratória, entre jovens universitários brasileiros, acerca da importância de preocupações posicionais em situações de escolha envolvendo diversos itens (bens, atributos ou perdas) e a relação entre as decisões observadas e variáveis socioeconômicas que caracterizam os participantes. O estudo se dividiu em duas etapas. A primeira, com objetivo de avaliar a compreensão do instrumento em uma amostra de estudantes universitários capixabas. Na Etapa 2 buscou-se formar uma amostra com participantes das cinco regiões do país, e utilizar um instrumento modificado a partir dos resultados encontrados na Etapa 1. Os instrumentos foram formados por um questionário cujos itens apresentavam ao participantes uma escolha entre dois mundos: em um deles o participante possuiria maior valor do respectivo item do que as demais pessoas em seu contexto (a alternativa posicional); no outro mundo, o valor possuido por todos seria maior do que na alternativa posicional, mas o participante possuiria menores valores do que as demais pessoas. Nas duas etapas verificou-se maior preferência pela alternativa posicional em itens relacionados à Inteligência Própria ou de um Filho, à Atratividade Própria ou de um Filho e à Renda, resultados que se aproximam daqueles obtidos em países ocidentais. Também foram observadas diferenças entre homens e mulheres, entre faixas de renda e entre participantes que trabalham e não trabalham ainda não constatadas na literatura. Os resultados corroboram a importância do contexto dos participantes para a determinação do valor posicional dos diversos itens, evidenciam a importância de perspectivas evolucionistas para este campo de estudo e sugerem novas possibilidades de investigação no contexto brasileiro.
Several studies highlight the role of social comparisons on human behavior and decision making, with an increasing contribution of evolutionary perspectives to this debate. The "positional" character of an item designates how its value depends on comparisons with what is possessed by others in a given context. Items whose value depends heavily on these comparisons are called "positional goods" and those that depend less, are called "non-positional goods." This study aimed to conduct an exploratory research among Brazilian university students about the importance of positional concerns in multiple-choice scenarios involving various items (goods, attributes or losses) and the relationship between the observed choices and socioeconomic variables that characterize the participants. The study was divided into two steps. The first designed to evaluate the understanding of the instrument in a sample of university students at Espirito Santo. In Step 2 we attempted to reach participants from the five regions of the country and use a modified instrument from the results found in Step 1. The instrument was a questionnaire whose items presented the participants a choice between two "worlds": in one of them the participant possess higher value of the item than others in that context (the positional choice); in the other world, the value possessed by all participants would be greater than the positional alternative, but the participant would possess lower values than the others in that context. In both steps of the study, there was a higher preference for the positional choice in items related to self and own child´s intelligence, self and own child´s attractiveness and income, results approaching those obtained in western countries. We also observed differences between men and women, between income groups and between working and non working participants not found in the literature. The results confirm the importance of the context of the participants to determine the positional value of the various items, highlight the importance of evolutionary perspectives to this field of study and suggest new possibilities for research in the Brazilian context.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9036
Aparece nas coleções:PPGP - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_4856_Dissertação Leandro - Comparações sociais e preocupações posicionais - final.pdf1.19 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.