Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9048
Título: Estresse na vida escolar de crianças com e sem TDAH
Autor(es): Gonçalves, Lívia Caroline Souza
Orientador: Canal, Cláudia Patrocínio Pedroza
Palavras-chave: Stress
Escola
Transtorno de falta de atenção e hiperatividade
Data do documento: 24-Fev-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O estresse infantil é considerado um processo entre o evento estressor e as reações do indivíduo, podendo se manifestar através de sintomas físicos e psicológicos. A frequência desses sintomas pode trazer consequências para o desenvolvimento social, emocional e cognitivo da criança. Estudos evidenciam que crianças com diagnóstico de TDAH são mais propensas a vivenciarem sentimentos de culpa, tristeza e rejeição, quando comparadas às crianças de desenvolvimento típico. Isso ocorre, principalmente, no contexto de aprendizagem, onde a busca por resultados é considerada muito importante. Objetivou-se investigar como crianças com TDAH relatam sobre o estresse infantil e os indicativos de sua manifestação no contexto de aprendizagem. Para tanto, foram avaliadas 32 crianças, divididas em dois grupos, sendo um com diagnóstico de TDAH (G1) e outro sem diagnóstico (G2) para comparação dos dados. Após assinatura dos Termos de Consentimento e Assentimento, foram utilizados os seguintes instrumentos: (a) Questionário de Dados Sociodemográficos, (b) Escala de Estresse Infantil (ESI) e (c) Roteiro de Entrevista para avaliação de Estresse na criança. Os dados foram analisados de acordo com o método clínico, conforme proposta de Delval. Crianças com e sem TDAH manifestaram indicativos de estresse, no contexto de aprendizagem, com frequência semelhante, com estresse decorrente principalmente de dificuldade de aprendizagem, relação com a família, colegas e professores e diagnóstico. Crianças com TDAH, entretanto, apresentaram estresse em maior intensidade, com manifestação de estresse em fases mais avançadas. Esta pesquisa visa contribuir para o entendimento do estresse infantil a partir de relatos das próprias crianças e, assim, facilitar o desenvolvimento de programas de intervenção que possam auxiliá-las no combate ao estresse infantil no contexto de aprendizagem.
Childhood stress is regarded as a process involving stressors and individual reactions; it is manifested through physical and psychological symptoms and may have consequences on the child´s social, emotional and cognitive development. Studies report that children who have been diagnosed with Attention Deficit with Hyperactivity Disorder - ADHD may be more likely to have feelings of guilt, sadness and rejection when compared which children with a more typical development pattern. This is especially true in the learning context, where the quest for results becomes paramount. This study sought to investigate how children who have been diagnosed with ADHD report signs of childhood stress, as well as the indications of its manifestation in the learning context. To this effect, 32 children were assessed. The children were divided in two groups; group one (G1) which consisted of children who had been diagnosed with AHD and group two (G2) which consisted of children with no previous diagnosis. After signing the Term of Informed Consent, the following instruments were used: (a) Sociodemographic Data Questionnaire, (b) Escala de Stress Infantil (ESI) and (c) Interview Script to assess Stress in Children. The data obtained from the questionnaires was analyzed qualitatively; the ESI data was analyzed according to the instructions on the manual and the data from the interview was analyzed according to the clinical method model proposed by Delval. Both groups of children manifested similar stress signs in the learning context, especially when concerning difficulties learning, relationship with family, friends and teachers and diagnosis. However, children with ADHD showed more intense signs of stress, which was also manifested in more advanced phases. This study contributes to better understand childhood stress as per the report of children themselves, so as to help develop intervention programs which might help fight childhood stress in the learning context.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9048
Aparece nas coleções:PPGP - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_8629_ESTRESSE_TDAH_MESTRADO_LIVIA.pdf911.49 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.