Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9050
Título: A atuação do psicólogo em serviços de Atenção Primária à Saúde: efeitos negativos do trabalho na saúde do trabalhador
Autor(es): DUARTE, L. C. B.
Orientador: MORAES, T. D.
Palavras-chave: saúde ocupacional
condições de trabalho
atuação do psicólo
Data do documento: 23-Ago-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: DUARTE, L. C. B., A atuação do psicólogo em serviços de Atenção Primária à Saúde: efeitos negativos do trabalho na saúde do trabalhador
Resumo: Essa dissertação propõe-se a compreender as relações entre saúde mental e a atividade de psicólogos atuantes em serviços de Atenção Primária à Saúde no Espírito Santo, destacando o adoecimento desses profissionais em decorrência das situações de trabalho. Para atingir esse objetivo, desenvolveram-se dois estudos, um de cunho quantitativo e outro qualitativo, com o intuito de abranger a complexidade do fenômeno estudado. No primeiro estudo 32 psicólogos do Espírito Santo responderam a um questionário online composto por questões sociodemográficas e três instrumentos: Job Content Questionnaire (JCQ); Self Report Questionnaire (SRQ-20); WHOQOL-bref. As respostas obtidas foram analisadas através do software IBM-SPSS v.20. No segundo estudo, realizaram-se quatro encontros com seis psicólogas de Unidades de Saúde da Família de Vitória; buscando desenvolver um espaço de diálogo a fim de produzir uma coanálise da atividade de trabalho, a partir da perspectiva teórica da Clínica da Atividade. Também foi empregada a técnica de instrução ao sósia com três participantes. Os encontros e as instruções ao sósia foram gravados, e os conteúdos foram analisados por meio da análise do discurso. Dentre os resultados encontrados destacam-se que: o trabalho do psicólogo na APS possui uma alta demanda psicológica, associando-se a um grande desgaste mental e uma baixa qualidade de vida; constatou-se a fragilidade do coletivo de psicólogos atuantes em USF, o que acarreta em uma atuação solitária e uma consequente dificuldade para lidar com as imprevisibilidades do meio. Por fim, levantamos algumas possibilidades de estratégias para superar os desafios encontrados na atuação do psicólogo juntamente às equipes de PSF. Palavras-chave: saúde ocupacional; condições de trabalho; atuação do psicólogo; serviços de saúde pública; Clínica de Atividade.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9050
Aparece nas coleções:PPGP - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_8740_Duarte, LCB - Dissertação final.pdf
  Restricted Access
1.25 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.