Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9056
Título: "Não é opção, isso vem, nasce na pessoa": Percepção de preconceito por homossexuais masculinos idosos nos contextos de família, trabalho e amizades
Autor(es): ALVES, L. S.
Orientador: MENANDRO, P. R. M.
Palavras-chave: preconceito
homossexualidade
envelhecimento
Data do documento: 17-Ago-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: ALVES, L. S., "Não é opção, isso vem, nasce na pessoa": Percepção de preconceito por homossexuais masculinos idosos nos contextos de família, trabalho e amizades
Resumo: O objetivo do estudo foi investigar como homossexuais masculinos idosos interpretaram e se portaram em situações nas quais se perceberam alvo de preconceito. Foram entrevistados seis senhores contatados a partir de conhecidos comuns e da técnica bola de neve. Como instrumento de coleta de dados utilizou-se a entrevista semiestruturada, apoiada em roteiro que incluiu indagações: sobre eventuais exposições a situações de preconceito e discriminação ao longo de suas vidas; sobre as estratégias utilizadas pelos entrevistados para lidarem com os fatos ocorridos nessas situações nas quais acreditam terem sido discriminados; e sobre os contextos de ocorrência, o que inclui relações familiares, escolares, amorosas, profissionais, momentos de lazer e interação social, abrangendo qualquer etapa da vida. As respostas fornecidas foram objeto de exame realizado com uso da técnica de análise de conteúdo categorial. Todos os participantes disseram que desde muito jovens perceberam que sentiam atração por pessoas do mesmo sexo, o que foi sempre avaliado por eles como impróprio, gerou receio e jamais foi revelado à família. Foram relatados episódios de preconceitos das mais diversas modalidades vividos pelos entrevistados. A situação atual é avaliada como melhor do que a de épocas anteriores. Vários pontos dos relatos evidenciam que os participantes se desenvolveram em permanente condição de insegurança, o que compõe aspecto interferente na constituição de sua identidade. Tal insegurança é revelada quando falam de sua preferência por atividades nas quais se expõem menos e reconhecem sua limitação de transitar livremente por todos os espaços sociais.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9056
Aparece nas coleções:PPGP - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_8902_dissertação Larissa Alves.pdf
  Restricted Access
1.14 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.