Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9135
Título: O boto-cinza (Sotalia guianensis) no estuário dos rios Piraquê-Açu e Piraquê-Mirim, sudeste do Brasil : ocorrência, uso do habitat, padrão comportamental e percepção da comunidade tradicional
Autor(es): Bicalho, Aldo Marcello Costa
Orientador: Farro, Ana Paula Cazerta
Data do documento: 28-Mar-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O boto-cinza (Sotalia guianensis) é um pequeno cetáceo, com distribuição ampla e endêmica ao Oceano Atlântico tropical e subtropical, sendo facilmente observado nas regiões costeiras e estuarinas. As informações relacionadas a essa espécie em águas brasileiras são escassas e pontuais, assim, o objetivo deste estudo é conhecer a ecologia do boto-cinza no estuário dos rios Piraquê-Açu e Piraquê-Mirim, Aracruz, ES. No Brasil, a espécie encontra-se em situação de vulnerabilidade quanto à conservação de suas populações. O monitoramento do estuário para avaliação da presença do boto-cinza foi realizado por meio de duas metodologias: ponto fixo e embarcado. O monitoramento por ponto fixo foi realizado semanalmente em dois pontos de amostragem, com duração de cinco horas diárias por ponto, entre abril de 2016 e maio de 2017. O monitoramento embarcado foi realizado mensalmente em seis pontos de amostragem, com duração de cinco horas por saída, entre os meses julho de 2016 e julho de 2017. Os parâmetros ambientais avaliados foram o potencial hidrogeniônico, a temperatura superficial da água, o oxigênio dissolvido, a salinidade, a turbidez, a velocidade dos ventos, a precipitação, o nível e o tipo de marés em todos os pontos do monitoramento por ponto fixo e do monitoramento embarcado. As entrevistas etnográficas foram realizadas com 30 pescadores artesanais que atuam no litoral norte do Espírito Santo e com 30 catadores de caranguejo que atuam na região de Aracruz. A ocorrência do boto cinza foi verificada no estuário e apresentou uma variação sazonal, com maior presença da espécie na primavera e verão. A entrada no estuário foi favorecida pela maré enchente e o uso preferencial do habitat foi para deslocamento e alimentação. Não foi verificada correlação entre os parâmetros analisados e a ocorrência da espécie no ambiente estuarino, com exceção da velocidade dos ventos. O conhecimento ecológico local dos pescadores artesanais e catadores de caranguejo a respeito do boto-cinza coincidem com o descrito na literatura e com o observado durante o monitoramento realizado nesta pesquisa e acrescentam importantes informações ao conhecimento científico sobre a espécie. A visão positiva a respeito do boto-cinza por parte da comunidade local representa uma importante ferramenta para propostas de gestão e conservação da espécie na região.
Guiana dolphin (Sotalia guianensis) is a small cetacean, widely distributed and endemic to the tropical and subtropical Atlantic Ocean, being easily observed in the coastal and estuarine regions. The information related to this specie in Brazilian waters is scarce and punctual, being considered in a situation of vulnerability to the conservation of its populations. This study was aimed at investigating the ecology of the Guiana dolphin in the estuary of Piraquê-Açu and Piraquê-Mirim rivers, Aracruz, ES. The presence of the Guiana dolphin in the estuary was employed using three methodologies: monitoring through fixed point and through cruises and ethnographic interviews with local community. Fixed-point monitoring was performed weekly at two sampling points, lasting five hours daily per point, between April 2016 and May 2017. Cruises monitoring were performed monthly at six sampling points, each lasting five hours between July 2016 and July 2017. Moreover, the environmental parameters (hydrogen-ionic potential, surface temperature of water, dissolved oxygen, salinity, turbidity, wind speed, precipitation, type, level and direction of tides) were evaluated in both points of the monitoring by fixed point and of the cruises monitoring. Ethnographic interviews were carried out with 30 artisanal fishermen who work in the north coast of Espírito Santo and with 30 crabmen catchers who work in the region of Aracruz. The occurrence of Guiana dolphin was verified in the estuary and presented a seasonal variation, with greater presence of the specie in spring and summer. The entrance to the estuary was favored by the flood tide and the preferential use of the habitat was for travelling and foraging. No correlation was verified between the analyzed parameters and the occurrence of the specie in the estuarine environment, except for wind speed. The local ecological knowledge of artisanal fishermen and crab catchers regarding Guiana dolphin corroborates with those described in the literature and with those observed during the monitoring carried out in this research and add important information to scientific knowledge about the specie. The local community's positive insight regarding Guiana dolphin represents an important tool for management and conservation proposals of the specie in the region.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9135
Aparece nas coleções:PPGOAM - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_11919_Dissertação Final - ALDO MARCELLO COSTA BICALHO.pdf2.89 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.