Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9170
Título: O travestismo narrativo em O professor de Charlotte Brontë
Autor(es): RODRIGUES, S. N.
Orientador: Coser, S.
Palavras-chave: Travestismo narrativo
Charlotte Brontë
O Professor
Data do documento: 29-Set-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: RODRIGUES, S. N., O travestismo narrativo em O professor de Charlotte Brontë
Resumo: Em O professor, seu primeiro romance escrito com vistas à publicação, Charlotte Brontë, escritora inglesa que viveu no século XIX, faz uso de uma técnica literária denominada travestismo narrativo. Este recurso se caracteriza pelo uso de um narrador autodiegético do sexo oposto ao de quem escreve. Com vistas à análise do emprego dessa técnica, faço inicialmente um levantamento biográfico da autora, assim como da crítica que essa obra e a autora têm recebido desde a publicação. Em seguida, faço um estudo sobre a narrativa, como preparação para o levantamento sobre as diversas denominações do travestismo narrativo por diferentes escritores e teóricos e analiso o uso da técnica em estudo. Como conclusão, apresento a minha leitura de três partes do enredo, com o auxílio de textos especializados sobre a escritora e a obra selecionada.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9170
Aparece nas coleções:PPGL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_10309_Tese de Sara Novaes Rodrigues - Versão Final.pdf1.56 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.