Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9211
Título: PROTOCOLOS DE LEITURA EM OBRAS DE MARIA JOSÉ DUPRÉ NA SÉRIE VAGA-LUME: LIVROS, LEITURA E LITERATURA PARA JOVENS LEITORES NO SÉCULO xx
Autor(es): SILVA, J. S.
Orientador: DALVI, M. A.
Data do documento: 31-Jul-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SILVA, J. S., PROTOCOLOS DE LEITURA EM OBRAS DE MARIA JOSÉ DUPRÉ NA SÉRIE VAGA-LUME: LIVROS, LEITURA E LITERATURA PARA JOVENS LEITORES NO SÉCULO xx
Resumo: RESUMO Este estudo de caráter bibliográfico-documental e de matriz histórico-cultural dedica-se a compreender protocolos de leitura de textos literários em correlação com representações de leitores indiciadas em objetos de leitura literária publicados para jovens leitores nas últimas décadas do século XX, a partir do estudo de diferentes edições das obras Éramos Seis e A ilha perdida, de Maria José Dupré, no contexto da Série editorial Vaga-Lume. A Série em questão foi importante no cenário brasileiro na formação de diferentes gerações de leitores e na viabilização de inúmeros processos de ensino-aprendizagem da leitura literária, participando, de maneira substancial, no delineamento da ideia de leitor jovem e de literatura juvenil, nas últimas décadas do século XX, por meio de suas altíssimas tiragens e de sua extensa circulação. Dadas as discussões sobre os diferentes tipos, regimes e modalidades de leitura em correlação com os objetos culturais diversos e as discussões sobre a presença desigual do livro e da Literatura em contextos sociais específicos, a investigação em questão explora protocolos de leituras e representações de perfis de leitores inscritos nas obras literárias no tempo, modo e espaço em que estas foram escritas, publicadas e circularam de modo mais evidente. Abarca para a produção dos dados a narrativa literária bem como a materialidade do objeto livro e dos impressos a ele atinentes. Para isso, adotamos um referencial teórico pertinente à História Cultural e, em particular, ao pensamento de Roger Chartier e de outros autores de orientação epistemológica compatível. Nesse sentido, os resultados apontam em direção a importância da materialidade dos textos nos estudos de Literatura e da Leitura, mais especificamente, nas obras em questão, inscritas nas últimas décadas do século XX no Brasil. Palavras-chave: Protocolos de leitura. Maria José Dupré. Série Vaga-Lume. Literatura e Leitura. Formação do leitor.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9211
Aparece nas coleções:PPGL - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11202_6 - Josineia Sousa da Silva - Dissertação.pdf5.27 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.