Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9212
Título: Solidão e repressão: "câncer gay" e homossexualidade em Caio Fernando Abreu
Autor(es): FIRME, H. A.
Orientador: AMARAL, Sérgio da Fonseca
Data do documento: 31-Jul-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: FIRME, H. A., Solidão e repressão: "câncer gay" e homossexualidade em Caio Fernando Abreu
Resumo: A literatura de Caio Fernando Abreu lança em sua obra olhares que são capazes de levantar discussões socioculturais, tornando-se uma forma, muitas vezes, de resistência. Neste trabalho, pretende-se realizar um panorama da literatura brasileira contemporânea, observando as características presentes na década de 1960 até a atualidade. A partir disso, inserir a produção ficcional de Caio, verificando a inserção de sua obra no período. A pesquisa também se propõe a examinar noções de gênero e sexualidade e como podemos realizar uma leitura da obra de Caio dialogando com essas teorias. À luz desse campo teórico, investigar como a AIDS, vinculada erroneamente à homossexualidade no começo da década de 1980, influenciou a literatura de Caio. Para essa pesquisa, foram selecionados os contos Linda, uma história horrível, de Os dragões não conhecem o paraíso (2013), Anotações sobre um amor urbano de Morangos Mofados (2015) e Terça-feira gorda, de Ovelhas Negras (2009).
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9212
Aparece nas coleções:PPGL - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11211_DissertaçãoHenriqueAFirme-versao-final-diploma.pdf552.32 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.