Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9232
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSiega, Paula Regina-
dc.date.accessioned2018-08-01T23:43:56Z-
dc.date.available2018-08-01-
dc.date.available2018-08-01T23:43:56Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/9232-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.subjectHistória oficialpor
dc.subjectLiteratureeng
dc.subjectOfficial historyeng
dc.subjectParodyeng
dc.subjectColonizationeng
dc.titleA colonização brasileira pelo viés da paródia : análise de textos literários que põem a história oficial ao avessopor
dc.typemasterThesiseng
dc.subject.udc82-
dc.subject.br-rjbnParódiapor
dc.subject.br-rjbnColonizaçãopor
dc.subject.br-rjbnCarnavalização (Literatura)por
dc.subject.br-rjbnAntropofagia na literaturapor
dc.subject.br-rjbnLiteratura - História e críticapor
dc.subject.br-rjbnBrasil - Históriapor
dc.contributor.memberSilva, Gilvan Ventura da-
dc.contributor.memberPatrocínio, Paulo Roberto Tonani do-
dcterms.abstractEsta dissertação teve como finalidade investigar a representação da colonização brasileira em obras literárias, especificamente no romance Terra Papagalli, de José Roberto Torero e Marcus Aurelius Pimenta, e nos poemas as meninas da gare, brasil e erro de português, do poeta modernista Oswald de Andrade, que se entrecruzam com outros textos literários e históricos por via da paródia. O estudo se apoia nas formulações teóricas de Mikhail Bakhtin, de Linda Hutcheon, de Stuart Hall, dentre outros autores, a respeito da paródia e de outras formas grotescas, da presença de personagens históricos na literatura e da identidade cultural, recorrendo aos conceitos de metaficção historiográfica e de antropofagia, este último fundamentado em Oswald de Andrade, para análise do corpus selecionado, composto por textos críticos e irônicos que põem a história oficial ao avesso.por
dcterms.abstractThis dissertation aimed to investigate the presentation of Brazilian colonization in literary Works, specifically the novel Terra Papagalli by José Roberto Torero and Marcus Aurelius Pimenta, and in the poems “as meninas de gare”, “brasil” and “erro de português” by the modernist poet Oswald de Andrade, which intersect with other literary and historical texts through parody. The study is based on theoretical formulations of Mikhail Bakhtin, Linda Hutcheon , Stuart Hall , among others, about the parody and other grotesque forms, about the presence of historical characters in literature and about cultural identity, using the concepts of historiographical metafiction and anthropophagy, being this last one reasoned in Oswald de Andrade, for the analysis of the selected corpus, composed of critical and ironic texts that turn the official story inside out.eng
dcterms.creatorPazolini, Camila dos Reis Iglesias-
dcterms.formatTexteng
dcterms.issued2016-02-26-
dcterms.languageporpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Letraspor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqLetraspor
dc.publisher.courseMestrado em Letraspor
Aparece nas coleções:PPGL - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_9577_Versão final20160613-150040.pdf531.73 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.