Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9247
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSantos, Fábio Muruci dos-
dc.date.accessioned2018-08-01T23:44:35Z-
dc.date.available2018-08-01-
dc.date.available2018-08-01T23:44:35Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/9247-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.subjectIdéias políticaspor
dc.subjectIntelectuaispor
dc.subjectNaçãopor
dc.subjectPolitical ideaseng
dc.subjectIntellectualeng
dc.subjectHistoryeng
dc.subjectNationeng
dc.titleMeditações sobre a Europa : concepções de história, política e nação nos escritos finais de José Ortega y Gasset (1943-1955)por
dc.typemasterThesiseng
dc.subject.udc93/99-
dc.subject.br-rjbnOrtega y Gasset, José, 1883-1955 - História e críticapor
dc.subject.br-rjbnHistóriapor
dc.subject.br-rjbnCiência política - Históriapor
dc.subject.br-rjbnFilosofiapor
dc.subject.br-rjbnEstado Nacionalpor
dcterms.abstractO trabalho que apresentamos aqui é uma tentativa de compreender e situar no campo das concepções políticas o pensamento de José Ortega y Gasset (1883-1955). Para tanto, contempla seu pensamento político e filosófico, bem como sua teoria da história. Interessam-nos mais de perto suas concepções de história, política e nação. Refletindo acerca dos problemas de sua época, seu país e seu mundo, Ortega y Gasset dedicou muito de seus escritos a refletir sobre arte, filosofia e política. Embora constantemente rotulado como portador de um discurso conservador, ele próprio se define com um liberal. Há uma tensão significativa em torno de seus escritos políticos. Não obstante o autor falasse em termos de um liberalismo renovado, encontramos em seus escritos encaminhamentos turvos e pouco precisos em torno de seu pensamento político aparentemente indeciso. Dedicamo-nos aos seus últimos escritos. Ali seu pensamento parece definir-se com mais precisão e fixidez na utilização de conceitos importantes no campo da política e da filosofia. Observamos nestes escritos fortes inclinações românticas no que se refere à questão nacional, sua concepção de história e política. Optamos por dividir a dissertação em cinco partes a fim de compreender melhor e de maneira mais organizada um tema de grande complexidade, sobretudo pelo modo como o autor oscila na utilização de conceitos importantes. Há uma introdução onde apresentamos nosso objeto de estudo, situamos sua importância e a relevância deste trabalho. No capítulo I, estabelecemos uma relação entre a questão dos intelectuais e a política, a ser considerada em grande relevância e significado para o estudo das concepções políticas no século XIX e XX. O capítulo II está diretamente relacionado ao primeiro. É quase uma extensão deste uma vez que, anunciada a problemática da relação entre os intelectuais e poder político, dedicamo-nos a observas as propostas e respostas de Ortega para a intelectualidade de seu tempo de modo bastante original. Nosso terceiro capítulo e mais importante, é onde observamos de perto a relação entre a questão da intelectualidade, da política e da nação. A questão nacional é eleita questão primeira, e privilegiamos o conceito de nação por considerarmos este conceito aquele onde aparece melhor concluso o pensamento político do filósofo espanhol. Por fim há nossa conclusão apontando para a solução epistemológica e ontológica da teoria contemporânea a partir de Ortega, a historicidade do mundo.por
dcterms.abstractThe work presented here is an attempt to understand and situate the thought of Jose Ortega y Gasset (1883-1955) in the field of political ideas. To this end, it contemplates his political and philosophical thinking well as his theory of history. Interested in more closely their conceptions of history, politics and nation. Reflecting on the problems of his time, his country and his world, Ortega y Gasset devoted much of his writing to reflect on art, philosophy and politics. Although constantly labeled as having a conservative discourse, he defines himself a liberal. There is a significant strain around his political writings. Notwithstanding the author speak in terms of a new liberalism, we find in his writings referrals cloudy and rather vague about his political thinking seems undecided. We are dedicated to his later writings. There his thinking seems to be defined with more precision and fixity in the use of important concepts in the field of politics and philosophy. We see in these writings strong romantic inclinations with regard to the national question, his conception of history and politics. There is one issue where we present our object of study, we place importance and relevance of this work. In Chapter I, we establish a relationship between the question of intellectuals and politics, to be considered in great relevance and significance for the study of political ideas in the nineteenth and twentieth centuries. Chapter II is directly related to the first. It's almost an extension of a time, announced the issue of the relationship between intellectuals and political power, we are dedicated to observe the proposals and responses from Ortega to the intelligentsia of his time quite original. Our third and most important chapter is where we observe closely the relationship between the question of the intelligentsia, politics and the nation. The national question is elected first question, and we favor the concept of nation because we believe that this concept appears better conclusions where the political thought of Spanish philosopher. Finally there is our conclusion pointing to the solution of the epistemological and ontological contemporary theory from Ortega, the historicity of the world.eng
dcterms.creatorCampanha Neto, Joanir-
dcterms.formattexteng
dcterms.issued2009-10-14-
dcterms.languageporeng
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Históriapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqHistóriapor
dc.publisher.courseMestrado em Históriapor
dc.contributor.refereeOliveira, Ricardo de-
dc.contributor.refereeRodrigues, Márcia Barros Ferreira-
dc.contributor.refereeBentivoglio, Júlio César-
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_3527_Joanir Campanha Neto.pdf892.75 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.