Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9265
Título: O Terremoto de Lisboa de 1755 e a Ascensão da Política de Sebastião de Carvalho e Melo
Autor(es): SILVA, J. C. C.
Orientador: MERLO, P. M. S.
Palavras-chave: História de Portugal
Modernidade
Ilustração
Pombal
Data do documento: 12-Mai-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SILVA, J. C. C., O Terremoto de Lisboa de 1755 e a Ascensão da Política de Sebastião de Carvalho e Melo
Resumo: Ao analisarmos a História Moderna portuguesa, particularmente o século XVIII, duas coisas são destacáveis pelos pesquisadores que se debruçam sobre o assunto: Sebastião José de Carvalho e Melo, o Marquês de Pombal e o Terremoto de Lisboa de 1755. Ambos são apontados como responsáveis, em alguma medida, por mudanças nos rumos desta nação. Neste trabalho, pretendemos demonstrar a ascensão de Carvalho e Melo até tornar-se figura central na política lusitana e procuraremos conhecer as ideias políticas por trás das ações do ministro a partir da análise de seu Discurso político sobre as vantagens que o Reino de Portugal pode tirar de sua desgraça por ocasião do Terremoto do 1º de Novembro de 1755. Para tanto, buscamos recompor a trajetória de Carvalho e Melo, observando quem foram os principais indivíduos e ideias políticas que o influenciaram e como o primeiro ministro, a partir do sismo, percebeu o terreno propício para mudanças diversas.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9265
Aparece nas coleções:PPGHIS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_7897_Dissertação - Julio Cesar da Costa Silva.pdf1.12 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.