Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9325
Título: Avaliação de metodologias de mapeamento aplicado à redução de risco à escorregamentos na sede urbana de Santa Teresa-ES
Autor(es): Nascimento, Thatyane Mônico
Orientador: Goulart, Antônio Celso de Oliveira
Palavras-chave: Mapeamento de risco
Vulnerabilidade
Álgebra de mapas
Data do documento: 26-Ago-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O desenvolvimento de mapeamentos de risco de desastres associados à escorregamentos no Brasil são realizados desde o século passado, mas tornaram-se instrumentos usados mais comumente para fins de gestão nas últimas décadas, especialmente com o movimento recentemente, à promulgação da LEI 12.608/2012 que instaura a nova Política Nacional de Proteção e Defesa Civil. Esta pesquisa buscou analisar metodologias de mapeamento de risco desenvolvidos no âmbito dos governos federais e estaduais, após a promulgação desta LEI, a adequação destes documentos a ela e compará-los com o mapeamento aqui desenvolvido com o método de análise de abordagem de paisagem, na Sede Urbana do município de Santa Teresa - ES. A análise confirmou benefícios sobre a utilização do processamento de dados em ambiente SIG anterior a etapa de campo, sendo esta a priori a principal diferença no desenvolvimento desses mapeamentos, visto que os mapeamentos estudados investigavam em campo os processos e faziam-se checagens adicionais em ambiente SIG. Isto também demonstrou outra potencialidade da abordagem de paisagem, na qual podemos extrapolar a qualificação de risco feita pontualmente nos outros documentos, para toda uma área a exemplo da Sede Urbana e as suas áreas adjacentes. A etapa de campo confirmou a alteração de setores de risco, ora qualificados como médio e alto, para alto e muito alto respectivamente, como também houve discrepâncias para alguns setores de risco que nos outros documentos eram qualificados como médio e que apresentaram neste, qualificação baixa, entende-se que este fator pode ter sido modificado devido às condições da variável de Vulnerabilidade que compõe a fórmula de Risco aqui utilizada. Apesar das vantagens em relação ao curto tempo de desenvolvimento dessa análise em gabinete e bem menos custosa, a mesma não dispensa a validação de campo, que pode refinar o produto dando maiores detalhes das condições morfodinâmicas do relevo e também no que tange a vulnerabilidade, visto que os dados utilizados para esta variável referem-se ao Censo Demográfico de 2010 que é realizado de dez em dez anos, prescindindo utilizar dados mais recentes, ou refinados ao longos dos anos, para que o mapeamento apresente uma maior acurácia.
The development of disaster risk mappings associated with landslides in Brazil have been carried out since the last century, but have become commonly used intruments for management purposes in recent decades, especially with the recent action, promulgation of LEI 12,608 / 2012 that Established the new National Policy on Civil Protection and Defense. This research sought to develop risk mapping for landslides with hybrid methodology and to analyze risk mapping methodologies developed within federal and state governments, after the promulgation of this LEI and the adequacy of these documents to it and to compare them. The analysis proceeded to the limit of the Urban Headquarters of the municipality of Santa Teresa - ES and a small extrapolation of this limit for new occupation areas that are still in the consolidation phase. The analysis confirmed benefits in the use of data processing in GIS environment and the attribution of weights to the variables analyzed through map algebra, being this a priori and the main difference in the development of these mappings. This also brings another benefit, as we can extrapolate the risk rating made punctually in the other documents, for an entire area such as the study area in question. The field stage confirmed the alteration of risk sectors, now qualified as medium and high, to high and very high respectively, as well as discrepancies for some risk sectors that in the other documents were classified as medium and that presented in this, low qualification, It is understood that this factor may have been modified due to the conditions of the Vulnerability variable that makes up the Risk formula used here. In spite of the advantages in relation to the short time of development of this analysis in the office and much less expensive, it does not exempt the field validation, that can refine the product giving greater details of the morphodynamic relief’s conditin and also with respect to the Vulnerability, seen that the data used for this variable refer to the Demographic Census of 2010 that is made every ten years, regardless of the use of more recent data, or refine them for this type of work, so that the mapping presents a greater accuracy.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9325
Aparece nas coleções:PPGGEO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10223_dissertacao_thatyane_nascimento.pdf7.93 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.