Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9364
Título: O Discurso falso no Sofista de Platão
Autor(es): SOUZA, L. C. N.
Orientador: BOTTER, B.
Data do documento: 24-Mar-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SOUZA, L. C. N., O Discurso falso no Sofista de Platão
Resumo: O objetivo desse trabalho é examinar o discurso falso no Sofista de Platão, pressupondo-se que há tanto um aspecto ontológico, quanto um aspecto ético-político relacionados à tese platônica esboçada no Sofista de que é possível dizer o falso. Busca-se, através da leitura direta do texto, analisar o tema da possibilidade do discurso e, em específico, do discurso falso no Sofista, considerando não apenas a sua estrutura lógico-gramatical, mas também a realidade inteligível da comunhão das Formas e, sobretudo, a técnica de produção de discurso imagem enquanto um modo de agir e interagir entre os homens no interior da cidade. A hipótese é de que Platão mostra a possibilidade do discurso falso a partir da comunhão das Formas e da estrutura lógico-gramatical do discurso, mas não busca estabelecer algum critério lógico ou objetivo que permita uma distinção direta e imediata entre discurso verdadeiro e falso. Dessa hipótese segue-se que o aspecto ético-político do discurso, evidenciado a partir da arte mimética, torna-se fundamental para uma possível distinção entre discurso verdadeiro e falso.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9364
Aparece nas coleções:PPGFIL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_10768_Dissertação - Luiz Caudio Nogueira de Souza.pdf1.97 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.