Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9413
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorBernardino, Angelo Fraga-
dc.date.accessioned2018-08-01T23:48:28Z-
dc.date.available2018-08-01-
dc.date.available2018-08-01T23:48:28Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/9413-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.subjectCânions submarinospor
dc.subjectMacrofauna bentônicapor
dc.subjectAtlântico sudoestepor
dc.titleMacrofauna bentônica profunda em cânions submarinos das bacias do Espírito Santo e Campospor
dc.typemasterThesisen
dc.subject.udc57-
dc.subject.br-rjbnBentos.por
dc.subject.br-rjbnEcologia.por
dc.subject.br-rjbnBacias hidrográficas - Espírito Santo (Estado) - Campos dos Goytacazes (RJ).por
dcterms.abstractCânions submarinos (cânions) são ecossistemas heterogêneos que criam cenários diferenciados através de margens continentais. Cânions são globalmente reconhecidos por abrigar uma grande diversidade e biomassa de espécies e, portanto, possuem importância ecológica para outros ecossistemas das margens continentais. A dinâmica oceanográfica e o aumento da profundidade naturalmente moldam a composição da biota presente dentro deles, por meio da complexa topografia de cânions, que compõe uma variedade de habitats e ecossistemas com específicas características bióticas e abióticas, agindo como rotas preferenciais para o transporte e assimilação de partículas de origem de ambientes com maior indice energético e de produtividade até o mais estável profundo assoalho oceânico. No presente trabalho, nós amostramos e comparamos a macrofauna bentônica dos cânions Watu Norte e Doce na bacia do Espírito Santo e os cânions Almirante Câmara e Grussaí da bacia de Campos. Testamos diferenças entre densidade, composição e diversidade das comunidades de macrofauna ao longo da batimetria (todos os cânions, de 150 a 1300 metros) e entre cânions (gradiente latitudinal dentro de cada faixa de profundidade), e comparamos os efeitos dos cânions ao longo da margem continental comparado a taludes adjacentes. O efeito cânion foi observado como um aumento na densidade e distinta composição de organismos da macrofauna dos cânions Watu Norte, Doce, Almirante Câmara e seus taludes adjacentes. As diferenças foram, em sua maioria, relacionadas à quebra da plataforma continental e ao talude superior (150 400m), provavelmente como uma consequência de maior entrada de matéria orgânica e a heterogeneidade de sedimento (e.g. distúrbio) dentro dos cânions nessas profundidades. Os cânions também se diferenciaram entre eles mesmos na quebra da plataforma e talude superior, apresentando diferenças na densidade e estrutura das assembleias de macrofauna. Houve uma clara influência do aumento da profundidade em todos os cânions e taludes adjacentes, negativamente relacionado com a heterogeneidade e abundância da macrofauna bentônica. De forma geral, poliquetas e crustáceos peracáridos dominaram a composição da macrofauna na maioria das estações amostradas, com exceção de uma dominância de moluscos no talude superior (400m) do cânion Almirante Câmara e seu talude adjacente H. Pesquisas futuras são necessárias para o melhor entendimento da heterogeneidade ecológica dos cânions e a relação presente entre os processos biológicos e físicos dos mesmos.por
dcterms.abstractSubmarine canyons (canyons) are heterogeneous ecosystems that create distinct landscapes across continental margins. Canyons are globally recognized to host a high diversity and biomass of species and therefore have ecological importance to other continental margin ecosystems. The oceanographic dynamics and the increasing depth naturally shape the biota composition present within them, throughout a complex topography of canyons, which compounds a variability of habitats and ecosystems with specific biotic and abiotic features and act as preferential routes for the transportation and assimilation from greater energy and productivity sites particles to the most stable deep oceanic seabed. In the present work, we sampled and compared the benthic macrofauna from the Watu Norte and Doce canyons in the Espirito Santo basin canyons with canyons Almirante Camara and Grussai from Campos basin. We tested differences between density, composition and diversity of macrofaunal communities along the bathymetry (all canyons, 150 to 1300 meters) and between canyons (latitudinal gradient within each depth range), and compared the effects of canyons along the continental margin compared to adjacent slopes. The “canyon effect” was observed as an increase in density and distinct composition of macrofaunal organisms from the canyons Watu Norte, Doce, Almirante Camara and their adjacent slopes. The differences were mostly related to the shelf break and upper slope (150 – 400m), likely as a consequence of higher organic input and sediment heterogeneity (i.e. disturbance) within canyons at those depths. Canyons also differentiate among themselves at the shelf break and upper slope, presenting differences in density and structure of the macrofaunal assemblages. There was a clear influence of the increasing depth for all canyons and adjacent slopes, negatively related to the heterogeneity and abundance of benthic macrofauna. Overall, polychaetes and peracarid crustaceans dominated the macrofaunal composition in most sample stations, with exception of a greater dominance of molluscs at the upper slope (400m) of Almirante Camara canyon and its adjacent slope H. Further research is necessary for better understanding of the canyons ecological heterogeneity and relation between their physical and biological processes.eng
dcterms.creatorGama, Rodrigo Novo-
dcterms.formattextpor
dcterms.issued2018-06-07-
dcterms.languageporpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências Biológicaspor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqCiências biológicaspor
dc.publisher.courseMestrado em Biologia Animalpor
dc.contributor.refereeMartins, Agnaldo Silva-
dc.contributor.refereeSumida, Paulo Yukio Gomes-
Aparece nas coleções:PPGBAN - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12150_Rodrigo Gama_dissertacão.pdf
  Restricted Access
1.02 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.