Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9483
Título: A eficiência energética do consumo de combustível em uma ferrovia heavy haul
Autor(es): Cabral, Eric Wilson Santos
Orientador: Cruz, Marta Monteiro da Costa
Data do documento: 19-Mai-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: No cenário brasileiro de 2001 a 2015, o valor do diesel subiu 210%, o que reflete diretamente nos custos das empresas do segmento de transportes. Dentre os desafios no cotidiano de ferrovias heavy haul está a redução de custo, que pode ser obtida com a melhoria da eficiência energética. Torna-se então necessário agir efetivamente para buscar a redução da relação de litros de combustível consumidos por Tonelada quilômetro bruta multiplicada por mil (L/KTKB). Este estudo buscou identificar quais variáveis controladas nas ferrovias têm correlação com o KTKB. Foram utilizadas ferramentas de análises estatísticas e simulação contínua ferroviária, dentro de cenários definidos de acordo com a realidade operacional de uma ferrovia heavy haul. As variáveis analisadas foram o peso médio por vagão (PM), o número de paradas dos trens, quilômetro médio entre paradas (KMEP) e o tipo da formação de trens (TF). Avaliou-se a possibilidade de economia de combustível com a mudança no procedimento operacional de paradas dos trens para trocas de maquinistas. Além das simulações, o volume de combustível no tanque passou a ser monitorado em tempo real, implantou-se um sistema de desligamento e acionamento automático de locomotivas e houve conscientização dos operadores para redução do consumo de combustível. Como resultado, observou-se que a eficiência energética da ferrovia melhorou em 13% no período de 2014 a 2016, com uma redução no consumo de diesel de 1,93 L/KTKB para 1,68 L/KTKB.
In the Brazilian scenario from 2001 to 2015, the value of diesel rose 210%, which directly reflects the costs of the companies in the transportation segment. Among the challenges in the daily life of heavy haul railways is the cost reduction, which can be achieved by improving energy efficiency. It is then necessary to act effectively to seek the reduction of the ratio of liters of fuel consumed per Gross Ton kilometers multiplied by thousand (L/KTKB). This study aimed to identify which controlled variables in the railroads have a correlation with KTKB. Statistical analysis and continuous rail simulation tools were used, within scenarios defined according to the operational reality of a heavy haul railroad. The variables analyzed were the average weight per wagon, the number of stops of trains, average kilometers between stops (KMEP) and the type of train formation (TF). The possibility of saving with the change in the operational procedure of stops of the trains for changes of drivers was evaluated. In addition to the simulations, the fuel volume in the tank began to be monitored in real time, a system of shutdown and automatic locomotive activation was implemented and the operators were made aware of the reduction of fuel consumption. As a result, it was observed that the energy efficiency of the railway improved by 13% over the period 2014 to 2016, with a reduction in diesel consumption of 1.93 L/KTKB to 1.68 L/KTKB.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9483
Aparece nas coleções:PPGEC - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_11246_ERIC WILSON SANTOS CABRAL.pdf1.57 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.