Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9487
Título: Desempenho de Concretos Com a Utilização de Resíduos da Lapidação do Vidro Como Substitutos Parciais ao Cimento
Autor(es): GUIGNONE, G. C.
Orientador: VIEIRA, G. L.
Palavras-chave: Resíduos de vidro
durabilidade
penetração de cloretos
rea
Data do documento: 12-Ago-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: GUIGNONE, G. C., Desempenho de Concretos Com a Utilização de Resíduos da Lapidação do Vidro Como Substitutos Parciais ao Cimento
Resumo: Resumo da dissertação (apenas copie e cole na célula) O desempenho das estruturas de concreto está relacionado com a conservação das propriedades mecânicas e propriedades vinculadas com a durabilidade. No que tange à durabilidade, identificam-se os íons cloreto como um dos principais agentes responsáveis pela redução da vida útil das estruturas de concreto armado, pois ao ingressar no interior das estruturas, são capazes de despassivar a armadura ocasionando corrosão, comprometendo a capacidade de carga. Uma importante solução para mitigar o ingresso destes agentes agressivos é a utilização de sistemas compostos por cimento Portland e pozolanas, capazes de interagir com os compostos do cimento melhorando o seu desempenho. Neste contexto, pesquisas têm identificado avanços com relação à utilização de resíduos de vidro em matrizes cimentícias, favorecendo destinação sustentável para o resíduo e redução do consumo de cimento, em função de sua substituição parcial. Constatam-se benefícios com relação às propriedades mecânicas e aquelas relacionadas com a durabilidade, entretanto tem-se observado, em alguns casos, suscetibilidade a processos expansivos relacionados à reação álcali-sílica, podendo ser atenuada com a utilização conjunta de outros materiais suplementares, como por exemplo o metacaulim. O objetivo deste trabalho é avaliar o desempenho de concretos produzidos com resíduos da lapidação do vidro. Para a produção dos concretos, utilizou-se como substituição parcial ao cimento, resíduo de vidro com e sem moagem e metacaulim. Foram realizados ensaios de penetração de cloretos (ASTM C 1202), difusão por imersão (NT Build 443), migração em regime estacionário (UNE 83987) e não estacionário (NT Build 492), além da análise da ocorrência de reação álcali-sílica pelo método ASTM C 1260. Os resultados demostraram que os resíduos da lapidação do vidro, utilizados em substituição ao cimento em até 20%, quando moídos em dimensões de partículas adequadas, podem melhorar o desempenho de concretos, beneficiando os aspectos mecânicos, elevando de modo significativo a resistência aos íons cloretos e ainda mitigar reações álcali-sílica.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9487
Aparece nas coleções:PPGEC - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11406_Guilherme Cunha20180522-110439.pdf12.96 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.