Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9495
Título: ESTUDO do Comportamento Dinâmico de um Sistema de Piso em Aço Com Lajes Secas
Autor(es): RIBEIRO, P. I. S.
Orientador: A F G C S Bispo
Palavras-chave: Sistema de Piso em Aço com Lajes Secas
Comportamento Dinâmi
Data do documento: 2-Mai-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: RIBEIRO, P. I. S., ESTUDO do Comportamento Dinâmico de um Sistema de Piso em Aço Com Lajes Secas
Resumo: Uma das tendências da arquitetura contemporânea é a concepção de edifícios com grandes vãos livres a fim de propiciar flexibilidade aos arranjos internos. Concomitantemente, as evoluções tecnológicas e construtivas garantem essa tendência com elementos estruturais cada vez mais esbeltos, por conseguinte com frequências naturais cada vez mais baixas, portanto, mais próximas das faixas de frequência das excitações dinâmicas associadas a atividades humanas. Além disso, a técnica construtiva a seco caracterizada pela ausência de água e pela utilização de elementos pré-fabricados na edificação, incluindo as lajes secas, vem sendo utilizada em construções residenciais e comerciais. Essas lajes possuem baixo peso próprio se comparada com as lajes convencionais, sendo assim mais susceptíveis às vibrações e não indicadas em determinados tipos de ocupação, como por exemplo, ginásios de esporte e academias de ginástica. Atualmente, existem na literatura, estudos sobre o comportamento dinâmico de sistemas de piso compostos por vigas de aço e lajes de concreto armado ou mistas de aço e concreto sujeitas a carregamentos rítmicos humanos. Entretanto, pesquisas que procurem estudar sistemas de pisos com vigas de aço e lajes secas ainda não são relatadas. Por isso, estudou-se nessa pesquisa, o comportamento dinâmico de um sistema de piso em aço com lajes secas que pertence a uma edificação existente na cidade de Araucária/PR. O carregamento dinâmico imposto à estrutura foi o proveniente da atividade humana de caminhada. Com o auxílio do software ANSYS® Academic Research, Release 17.0, de elementos finitos, um modelo numérico retratando da forma mais real possível o sistema de piso foi confeccionado, onde inicialmente realizou-se uma análise estrutural considerando somente as cargas estáticas, com intuito aferir a modelagem. Análises dinâmicas de vibração livre, harmônica e transiente foram conduzidas, sendo que a última considerou três padrões de carregamento para a caminhada, dois deles com a força da caminhada fixa no espaço e função temporal dada por um harmônico ressonante e série de Fourier, padrões de carregamento 1 e 2, respectivamente, e um deles considerando tanto a variação no tempo (série de Fourier) quanto no espaço, padrão de carregamento 3. As respostas dinâmicas foram medidas no ponto de maior deslocamento vertical do piso. Com as respostas de aceleração, o estado limite de vibrações excessivas foi verificado segundo as normas ABNT NBR 8800:2008, ABNT NBR 6114:2014 e ISO 10137:2007 e os guias de projeto de Murray Allen e Ungar (2003) e de Smith, Hicks e Devine (2009). No que se refere aos critérios de conforto humano, apesar do sistema de piso atender aos requisitos da ABNT NBR 8800: 2008 e a ABNT NBR 6118:2014 relativos à frequência fundamental mínima, as acelerações numéricas determinadas nessa pesquisa ultrapassaram os limites recomendados pela ISO 10137:2007, por Murray, Allen e Ungar (2003), e por Smith, Hicks e Devine (2009), em todas as análises numéricas realizadas. Portanto, o sistema de piso estudado necessitaria de intervenções para atender o estado limite de vibrações excessivas.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9495
Aparece nas coleções:PPGEC - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11512_DISSERTAÇÃO PRISCILLA RIBEIRO FINAL Priscilla Izabel.pdf6.53 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.