Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9524
Título: Gerenciamento dos resíduos de amálgama odontológico na atenção primária à saúde nos municípios do Estado do Espírito Santo
Autor(es): Rodrigues, Simone Barni
Orientador: Silva, Fátima Maria
Data do documento: 21-Dez-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: RODRIGUES, Simone Barni. Gerenciamento dos resíduos de amálgama odontológico na atenção primária à saúde nos municípios do Estado do Espírito Santo. 2016. 116 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia e Desenvolvimento Sustentável) - Universidade Federal do Espírito Santo, Centro Tecnológico
Resumo: OBJETIVO: Analisar como ocorre o gerenciamento dos resíduos de amálgama odontológico gerados na Atenção Primária à Saúde (APS) nos municípios do Estado do Espírito Santo, uma vez que um adequado gerenciamento destes resíduos tem se mostrado suficiente para o controle do impacto ambiental do mercúrio proveniente da atividade odontológica, além de verificar o cumprimento da legislação vigente. METODOLOGIA: Os dados foram coletados através de questionário estruturado, respondido por 30 coordenadores municipais de saúde bucal dos municípios do ES entre os meses de maio e agosto de 2016. A amostra foi composta aleatoriamente por municípios das 4 regiões administrativas de saúde e de diferentes portes populacionais. RESULTADOS: O amálgama é utilizado no serviço público em 93% dos municípios participantes, mas seu resíduo é gerado em 100% dos municípios. Em 96% dos municípios se realizam menos do que 30 restaurações/dia de amálgama. O armazenamento temporário deste resíduo é feito em recipiente específico, conforme prevê a legislação em 89,3% dos municípios
Aparece nas coleções:PPGESA - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10539_Simoni Barni.pdf1.26 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.