Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9700
Título: Uma proposta de interface cérebro-computador para comando de cadeiras de rodas
Autor(es): Ferreira, André
Orientador: Bastos Filho, Teodiano Freire
Coorientador: Sarcinelli Filho, Mário
Data do documento: 23-Dez-2008
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Esta Tese de Doutorado trata da implementação de uma Interface Cérebro-Computador (ICC), baseada em estímulos visuais (ERD/ERS), para comando de uma cadeira de rodas robótica e para estabelecer uma interface de comunicação. A ICC implementada é destinada a pessoas com deficiência que possuem a habilidade de abrir e fechar os olhos, o que é necessário para gerar os padrões cerebrais em questão. Experimentos realizados com tais usuários, inclusive alguns com doenças neuromusculares severas, revelaram resultados muito promissores. Para os usuários que não dispõem de tal capacidade, algumas modificações na ICC são também propostas nesta Tese. A principal alteração consiste na mudança do paradigma da ICC, que é alterado de estímulos visuais para imaginação motora de membros. Assim, cabe ao usuário imaginar o movimento de mãos, por exemplo, para enviar comandos para a cadeira de rodas ou para a interface de comunicação. São apresentados experimentos usando tanto o paradigma de estímulos visuais quanto o de imaginação motora, com 4 voluntários sem problemas neuromusculares e 4 pessoas com deficiência grave. Os resultados obtidos são discutidos em detalhes, e mostram a viabilidade da ICC proposta.
The implementation of a Brain-Computer Interface (BCI) based on visual stimuli (ERD/ ERS) to command a robotic wheelchair and to stablish a communication interface is presented in this Thesis. The BCI has been developed for impaired people who keep the ability to close/open the eyes, in order to generate the brain patterns here discussed. Experiments carried out with such users, including some with severe neuromuscular disorders, have shown quite promising results. For the users without the capacity of closing/opening the eyes, some changes in the BCI are also proposed. The paradigm used in the BCI is changed from visual stimuli to hands motor imagery. Using such paradigm, the user is supposed to imagine some movements of his/her hands in order to send commands to the robotic wheelchair or the communication interface. Experiments involving both visual and motor imagery paradigms with four severely impaired people and four voluntaries without neuromuscular disorders are here reported. The results are discussed in details and show the feasibility of the proposed BCI.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9700
Aparece nas coleções:PPGEE - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_2854_TeseDoutoradoAndreFerreira.pdf11.8 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.