Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9703
Título: Uma proposta de serviços semânticos relacionada ao autogerenciamento em redes de transporte
Autor(es): Monteiro, Maxwell Eduardo
Orientador: Garcia, Anilton Salles
Data do documento: 20-Ago-2010
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O presente trabalho identifica que dentro da disciplina da Gerência de Redes de Telecomunicações o paradigma do Autogerenciamento apresenta um grande potencial para diminuir o tempo de maturação entre a aquisição de uma tecnologia e a oferta de serviços sobre ela. Entretanto, uma análise da literatura clássica sobre a Gerência de Redes e sobre o estado da arte do Autogerenciamento revela que tanto as técnicas e mecanismos consolidados quanto as mais recentes contribuições não proporcionam a interoperabilidade e o reúso entre as entidades heterogêneas de gerência das Redes de Telecomunicações. Esses gaps impedem avanços na direção de um princípio básico do Autogerenciamento: o estabelecimento de um ecossistema de autogerenciamento. Em resposta a essa lacuna, esta tese propõe uma arquitetura de software cujo objetivo é facilitar a criação de sistemas de Autogerenciamento, conferindo-lhes a oportunidade de estabelecer um ecossistema com as características interoperabilidade e reúso, através da integração semântica apoiada em uma ontologia sobre Redes de Transporte. Ao especificar preliminarmente o Provedor de Serviços Semânticos da Gerência de Redes de Transporte, principal elemento da arquitetura, evidencia-se que um ponto chave para a contribuição pretendida é o uso de ontologias. Sua capacidade de compartilhamento dos conceitos de um domínio, de extensão e de inferência lógica a tornam uma poderosa ferramenta para a constituição do ecossistema de Gerência de Redes. Embora seja delimitado um escopo de desenvolvimento no qual o Provedor de Serviços Semânticos da Gerência de Redes é especializado para as Redes de Transporte, uma maior atenção é dispensada à Ontologia das Redes de Transporte ITU-T G.805. Nessa condição, não é apresentada uma Implementação de Referência para a arquitetura proposta, mas sim uma implementação experimental, através de um protótipo de software. Essa implementação experimental ratifica a viabilidade da proposta e o potencial da mudança de paradigma na criação de sistemas de Autogerenciamento.
This work identifies Self-management, within Telecommunication Network Management, as a technique with great potential to minimize the time spent between new technology acquisitions and offering service over that technology. However, an investigation about the classical Network Management literature and about the Stateof-the-Art of Self-management shows that no one has an effective solution for interoperability and re-usability between heterogeneous entities of Telecommunication Network Management. This lack of solution avoids advances in Self-management Systems development, since it implies lack of basic selfmanagement features, such as: self-regulation, self-organization and ecosystem behavior (collective view of managed environment). To address this problem, this work proposes a software architecture which has the objective of simplify the construction of Self-management Systems and give them the ecosystem behavior (interoperability and re-usability). The proposed software architecture presents and specifies (abstractly) the functional element known as Semantic Services Provider of Transport Network Management (PSSGRT). In the core of PSSGRT is the ontology of Transport Networks, based on ITU-T G.805 recommendation, other major contribution of this work. Ontology is the key technique to provide semantic information interoperability and re-usability. The PSSGRT is not specified in terms of technologies and protocol, but in terms of its role, behavior and expected work. Some candidate technologies are lightly analyzed, but a Reference Implementation is out of scope. However, an experimental software implementation is proposed and a restricted software prototype is built on. Under certain scenarios, the prototype was able to accomplish the role of PSSGRT and has shown the potential new paradigm of Self management systems construction.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9703
Aparece nas coleções:PPGEE - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_2859_TeseDoutoradoMaxwellEduardoMonteiro.pdf5.2 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.