Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9838
Título: Representação de capacidades organizacionais em frameworks de defesa : uma abordagem baseada em análise ontológica
Autor(es): Miranda, Gabriel Martins
Orientador: Almeida, João Paulo Andrade
Palavras-chave: Arquitetura Corporativa de TI
Capacidades Organizacionais
Data do documento: 27-Set-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A importância de capacidades organizacionais no domínio da defesa levou à sua inclusão em diversos frameworks de Arquitetura Corporativa para este domínio, incluindo DoDAF, MODAF e NAF. Esses frameworks incluem conceitos e construtos de linguagem especializados para representar as capacidades de uma organização. Apesar do suporte provido por tais frameworks na representação de capacidades organizacionais, é necessário que a noção de capacidade organizacional seja tratada com uma conceituação precisa. Sem tal precisão, problemas de modelagem e de comunicação emergem na linguagem. Deste modo, torna-se propício investigar a conceituação e construtos de linguagem desses frameworks com a finalidade de verificar se existem possíveis lacunas na representação de capacidades organizacionais. E, assim, este trabalho se propõe a realizar uma análise ontológica em três frameworks para o domínio da defesa (DoDAF, MODAF e NAF). Em nossa análise, adotamos uma conceituação para capacidades organizacionais baseada na noção de disposições, presente na ontologia de fundamentação UFO. Utilizando UFO é possível compreender os construtos das linguagens dos frameworks de defesa e revelar problemas de expressividade e clareza na representação de capacidades organizacionais por esses frameworks de defesas. Esses problemas formam um ponto de partida para propormos uma revisão do meta-modelo dos frameworks de defesa, alterando as nomenclaturas incorretas e incluindo novos conceitos, relações e distinções necessárias no meta-modelo revisado, visando adicionar certa expressividade e clareza à linguagem, na representação de capacidades organizacionais. Essa revisão permitirá equipar os frameworks de defesa com suporte adequado para modelagem de capacidades organizacionais, garantindo a precisão, clareza e expressividade dos conceitos de suas linguagens.
The importance of capabilities in defense domain led to its inclusion in a number of Enterprise Architecture frameworks for this domain, including DoDAF, MODAF and NAF. These frameworks include a number of concepts and language constructs to describe capabilities in an organization. Despite the support for the representation of capabilities in theses frameworks, the notion of capabilities requires a precise conceptualization. A lack of this precision may lead to modeling and communication problems. Thus, this paper presents an ontological analysis of capability-related concepts in these defense frameworks (DoDAF, MODAF and NAF), revealing issues in the underlying conceptualization and in the use of the capability concept. In this analysis, we adopt an ontological account for capabilities based on the notion of dispositions, derived from UFO. UFO helps to understand the constructs of defense frameworks and reveals issues about expressiveness and clarity in representation of capabilities. These issues form a start point to propose a review of the meta-models of defense frameworks, changing naming conventions of some concepts and including new concepts, relations and distinctions necessaries in the reviewed meta-model. Thus, improving the expressiveness and clarity of the language, to represent capabilities. This review allows equip the defense frameworks with appropriate support for representation of capabilities, ensuring the precision, clarity and expressiveness of its language concepts.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9838
Aparece nas coleções:PPGI - Dissertações de mestrado



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.