Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9847
Título: Um estudo de estruturas de vizinhanças no GRASP aplicado ao Problema de Tabela-Horário para Universidades
Autor(es): SEGATTO, E. A.
Orientador: BOERES, M. C. S.
Coorientador: RANGEL, M. C.
Data do documento: 26-Jun-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SEGATTO, E. A., Um estudo de estruturas de vizinhanças no GRASP aplicado ao Problema de Tabela-Horário para Universidades
Resumo: Tabela-horário educacional é um dos problemas mais pesquisados na classe de problemas de tabela-horário. Este problema consiste em alocar uma sequência de aulas nas salas disponíveis para um período de tempo predeterminado considerando necessidades de alunos, professores e satisfazendo algumas restrições. Existem três classes de problema de tabela-horário educacional: tabela-horário de exames, de escolas e de universidades. Várias formulações para o problema de tabela-horário para universidades podem ser encontradas na literatura porque as necessidades que devem ser atendidas na construção da tabela-horário variam para cada instituição de ensino. Neste trabalho foi abordado o problema de tabela-horário de universidades baseada em cursos em acordo com o segundo campeonato internacional de tabela-horário ITC-2007. Para solucionar o problema utilizamos a meta-heurística GRASP com os algoritmos Steepest Descent, Hill Climbing e Simulated Annealing como busca local utilizando várias vizinhanças conhecidas na literatura. Além de propor uma solução com o algoritmo GRASP, que é comparado com outras propostas na literatura, também é realizada uma análise detalhada das vizinhanças para este problema.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9847
Aparece nas coleções:PPGI - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_11251_Erika dissertação final.pdf1.24 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.