Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9851
Título: ML2 : an expressive multi-level conceptual modeling language
Autor(es): Fonseca, Claudenir Morais
Orientador: Almeida, João Paulo Andrade
Data do documento: 19-Set-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Domínios de interesse são muitas vezes conceituados com entidades estratificadas em uma estrutura rígida de dois níveis: um nível de classes e um nível de indivíduos que instanciam essas classes. A modelagem multi-nível estende o esquema convencional de classificação em dois níveis ao admitir classes que são também instâncias de outras classes, uma característica que pode ser empregada beneficamente em diversos domínios. Apesar dos avanços em modelagem multi-nível na última década, uma série de requisitos decorrentes da necessidade de representação de domínios de interesse com múltiplos níveis de classificação ainda não foram abordados pelas técnicas atuais. Neste trabalho, nós investigamos os requisitos para modelagem multi-nível e propomos um linguagem expressiva de modelagem conceitual multi-nível chamada ML2. Nós seguimos aqui uma abordagem sistemática baseada em uma separação estrita de interesses. Primeiramente, em uma teoria lógica denominada MLT*, capturamos e formalizamos a conceituação subjacente à modelagem de fenômenos que envolvam classificação em vários níveis. Esta teoria é uma extensão da teoria multi-nível chamada MLT. Em seguida, empregamos MLT* como alicerce na definição de ML2, uma linguagem textual de modelagem que atende aos requisitos elicitados para modelagem multi-nível. A linguagem proposta é apoiada por um workbench baseado em Eclipse que verifica a aderência de modelos ML2 às regras de MLT*. A efetividade de ML2 é demonstrada através de sua aplicação na realização de três tarefas distintas de modelagem: a modelagem de um desafio multi-nível proposto no contexto do workshop MULTI 2017; a modelagem dos conceitos da teoria subjacente à ML2, MLT*; e a modelagem da Unified Foundation Ontology (UFO).
Subject domains are often conceptualized with entities stratified into a rigid two-level structure: a level of classes and a level of individuals which instantiate these classes. Multi-level modeling extends the conventional two-level classification scheme by admitting classes that are also instances of other classes, a feature which can be used beneficially in a number of domains. Despite the advances in multi-level modeling in the last decade, a number of requirements arising from representation needs in subject domains with multiple levels of classification have not yet been addressed in current modeling approaches. In this work, we investigate the requirements for multi-level modeling and propose an expressive multi-level conceptual modeling language dubbed ML2. We follow here a systematic approach based on a strict separation of concerns. First, we capture and formalize the conceptualization underlying multilevel modeling phenomena, called MLT*, building on the multi-level theory called MLT. Second, we employ MLT* as bedrock for the definition of ML2, a textual modeling language that addresses the elicited requirements for multi-level modeling. The proposed language is supported by a featured Eclipse-based workbench which verifies adherence of the ML2 model to the MLT* rules. The capabilities of ML2 are demonstrated by using it to accomplish three distinct modeling tasks: modeling a multi-level challenge proposed in the context of the MULTI 2017 workshop; modeling the concepts from ML2‟s underlying theory, MLT*; modeling the Unified Foundation Ontology (UFO).
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9851
Aparece nas coleções:PPGI - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_11429_Claudenir Master Dissertation v1.2.pdf3.27 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.