Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9906
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorCARLOS, E.
dc.date.accessioned2018-08-02T00:15:14Z-
dc.date.available2018-08-01
dc.date.available2018-08-02T00:15:14Z-
dc.identifier.citationREAL, D. C. V., PRIMAVERA SECUNDARISTA: ENGAJAMENTO ESTUDANTIL NAS OCUPAÇÕES DE VITÓRIA - ES EM 2016por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/9906-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.titlePRIMAVERA SECUNDARISTA: ENGAJAMENTO ESTUDANTIL NAS OCUPAÇÕES DE VITÓRIA - ES EM 2016por
dc.typemasterThesisen
dc.contributor.memberLuciana Martins
dc.contributor.memberRIBEIRO, A. M. M.
dc.contributor.memberSILVA, M. K.
dc.contributor.memberMORAES, L. C. G.
dcterms.abstractBuscamos caracterizar o engajamento secundarista em Vitória - ES durante o evento intitulado pelos estudantes como Primavera Secundarista em 2016, ancorando tal caracterização em duas dimensões: (1) os padrões organizacionais (observando seus repertórios de organização, de ação e performances) e (2) os padrões relacionais (analisando as relações entre indivíduo e esferas da vida, onde são alfabetizados politicamente e como esse conhecimento impulsiona a constituição de uma identidade militante). A primeira categoria classifica-o como formalizados ou não formalizados, e a segunda como institucionalizados ou extra-institucionais. Antes da caracterização do engajamento, este trabalho observa o sujeito que dá vida a esse objeto: as juventudes secundaristas engajadas. Utilizamos juventudes no plural porque há diferentes maneiras de ser jovem conforme suas condições de vida e há diferentes oportunidades de engajamento para o jovem que frequenta a escola. Escolhemos o termo engajamento mesmo que eles não tenham vínculos contínuos com instituições, porque é assim que se autonomeiam, não como ativistas pontuais. Num contexto histórico permeado por polêmicas como o Projeto de Lei 867/2015 intitulado Escola sem Partido, a Medida Provisória 746/2016 sobre reforma do Ensino Médio e a Proposta de Emenda Constitucional 55 instituindo tetos para gastos públicos, é que emergiram as ações coletivas secundaristas, onde fizemos observações simples e aplicação de questionários em 7 escolas ocupadas, observação participante em outros dois atos de rua, dez entrevistas individuais em profundidade e um grupo focal aplicado aos estudantes de duas escolas selecionadas para um estudo de casos comparados por apresentaram diferentes perfis organizacionais e relacionais. Palavras-chave: Engajamento Secundarista. Padrão Organizacional. Padrão Relacional.por
dcterms.creatorREAL, D. C. V.
dcterms.formatapplication/pdfpor
dcterms.issued2018-05-03
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências Sociaispor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.publisher.courseMestrado em Ciências Sociaispor
Aparece nas coleções:PPGCSO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12094_DISSERTAÇÃO pós defesa.pdf3.83 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.