Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9907
Título: Investigação criminal de homicidios em Vitória - ES: uma análise empírica de tensões dominantes e insurgentes no campo jurídico
Autor(es): Pinto, João Vitor Gomes
Orientador: Rodrigues, Márcia Barros Ferreira
Palavras-chave: Sociologia
Direito
Violência
Polícia
Sociology
Law
Violence
Police
Data do documento: 8-Mai-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O presente trabalho busca a percepção e compreensão do campo jurídico do qual operadores de polícia judiciária, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Vitória, capital do Espírito Santo, fazem parte e atuam. Para tanto, além da preciosa contribuição da teoria dos campos para compreender o campo de adminsitração dos conflitos no Brasil- e habitus de Pierre Bourdieu, foi necessário o conhecimento e aplicação de uma construção evolucionista do fenômeno jurídico dentro do marco teórico de Philippe Nonet e Philip Selznick que visa a sua compreensão em três tipos ideais básicos de Direito que se sucedem (ou coexistem) no tempo. Além disso, a compreensão do papel da violência- em suas variadas acepções- no contexto social brasileiro que remonta a uma programação criminalizante e rotuladora de uma massa de excluídos e as benesses a uma elite dominante uma escolha político- criminal que determina, inclusive, os rumos da polícia judiciária. Após essas considerações, iniciou-se um movimento de imersão no aludido campo de pesquisa: via delegacia de homicídio e proteção à pessoa, situada em Vitória, como locus principal de atuação metodológica. Adotou-se um mix metodológico para a compreensão dessa malha fechada e peculiar que é a instituição policial analisando, sob o olhar científico, a atuação profissional na investigação de homicídios da capital capixaba. Dessa forma, buscou-se análise empírica, primordialmente, em harmonia com teorias dentro do eixo interdisciplinar Sociologia e Direito, tendo como pano de fundo a ideologia política punitivista detectada, respondendo a pergunta: A prática policial investigativa na capital capixaba estaria nas marcas de uma concepção mais legalista de Direito ou de resposta aos anseios do cidadão? A pesquisa se depara ai com tensões dominantes e emergentes no campo jurídico.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9907
Aparece nas coleções:PPGCSO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12159_VERSÃO REVISADA 03 - JOÃO VITOR GOMES PINTO - DISSERTAÇÃO - CIÊNCIAS SOCIAIS - UFES (1).pdf2.71 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.