Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9916
Título: Sapos em ilhas: Análise do efeito de isolamento sobre a morfologia de populações insulares de anfíbios do litoral do Rio de Janeiro.
Autor(es): Santos, Raoni Rebouças
Orientador: Kienle, Mirco Solé.
Coorientador: Silva, Hélio Ricardo da.
Sanuy, Delfi.
Data do documento: 20-Jan-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: SANTOS, Raoni Rebouças. Sapos em ilhas: Análise do efeito de isolamento sobre a morfologia de populações insulares de anfíbios do litoral do Rio de Janeiro. 2017. Teses (Doutorado em Biologia Animal) - Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Ciências Humanas e Naturais, 2017/ 01/ 20.
Resumo: Esta tese é composta por três capítulos acerca das populações insulares de anuros da Costa Verde, litoral sul do Rio de Janeiro. O primeiro capítulo trata do registro de anomalias físicas em populações insulares. Essas populações apresentaram incidência de malformações muito maior que as populações do continente, o que pode indicar, dentre várias possibilidades, que haja alta ocorrência de endocruzamento nas populações. O segundo capítulo trata de verificar se o efeito de nanismo, já observado anteriormente nas populações insulares, é refletido na história de vida dos indivíduos. Para isso, foram observadas as idades dos espécimes associada com o surgimento de caracteres sexuais indicadores de maturidade sexual, correlacionando com o tamanho dos espécimes por ilha, em comparação com as populações do continente. O terceiro capítulo amplia o conhecimento acerca de modificação de tamanho em virtude da insularidade em anfíbios. Nesse nós pontuamos que os parâmetros colocados pela “regra de ilhas” provavelmente necessitam de ajuste. Aqui vimos que espécies que segundo trabalhos anteriores tenderiam ao nanismo não apresentam redução de tamanho, ou apresentam gigantismo, e duas espécies de tamanho muito pequeno apresentaram nanismo em ilhas.
This thesis is composed by three chapters about island anuran populations from Costa Verde, Southern coastal of Rio de Janeiro. The first chapter is about a record of physical anomalies in insular populations. Those presented much higher malformations incidence than mainland ones, which can highlight, among many possibilities, that there is a high inbreeding occurrence in those populations. The second chapter aims to verify if effect of nanism, already previously observed in insular populations, is reflected in life history of individuals. For this, were observed specimens ages associated to sexual characters’ emergence as indicators of sexual maturity, correlating to specimens’ size by island, in comparison to mainland populations. The third chapter extends the knowledge about size modification due to insularity in amphibians. In this, we pointed out that parameters placed by “island rule” probably need adjustment. Here we saw that species which according previous works would tend to nanism, do not present size reduction, or present gigantism, and two species of very small size presented nanism in islands.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9916
Aparece nas coleções:PPGBAN - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10581_Tese-finalizada-diploma.pdf9.48 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.