Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9948
Título: ESTUDO do Metabolismo Fotoquímico nas Folhas e Perfil da Atividade Da celulase e -galactosidase Nos frutos de Carica Papaya L., Cultivares golden e Gran Golden
Autor(es): GALLON, C. Z.
Orientador: SILVA, D. M.
Data do documento: 8-Fev-2006
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: GALLON, C. Z., ESTUDO do Metabolismo Fotoquímico nas Folhas e Perfil da Atividade Da celulase e -galactosidase Nos frutos de Carica Papaya L., Cultivares golden e Gran Golden
Resumo: RESUMO O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento da fluorescência da clorofila a em folhas de mamoeiro (Carica papaya L.), cultivares Golden e Gran Golden, levando-se em consideração as condições de pluviosidade e temperatura da região de cultivo. As medidas de teores de clorofila foram realizadas com o medidor portátil de clorofilas, SPAD-502, e dados para o estudo da fluorescência rápida da clorofila foram obtidos com o auxílio de um fluorômetro portátil, Handy PEA (Hansatech Instruments Ltd., Kings Lynn, Norfolk, UK). As folhas do mamoeiro foram mantidas no escuro por trinta minutos para em seguida se emitir um fluxo de fótons na intensidade de 680 μmol m-2 s-1. A curva polifásica da fluorescência da clorofila a para ambas as cultivares de mamão no período estudado demonstra que não houve diferença significativa entre as fases O, J, I e P. No entanto, foram observadas diferenças no fluxo de energia por secção transversal do FSII. Os parâmetros analisados do fluxo de energia mostraram que a cultivar Golden apresentou uma maior taxa de absorção (ABS/CS), captura de energia (TRo/CS) e transporte de energia (ETo/CS). Estes resultados sugerem que a cultivar Golden mostrou-se mais eficiente do que a cultivar Gran Golden na utilização da energia luminosa no período em que houve maior precipitação. No entanto, esta cultivar também apresentou maior taxa de dissipação de energia (DIo/CS), o que possivelmente refletiu num aumento da fluorescência inicial (Fo), considerada um indicativo de estresse em plantas. Como conseqüência, houve uma diminuição da eficiência quântica do FSII nesse período. A 37 cultivar Gran Golden apresentou um aumento na captura (TRo/CS) e transporte de energia (ETo/CS) quando houve diminuição das chuvas. O aumento em TRo/CS e ETo/CS pode ter contribuído para que esta cultivar apresentasse maior eficiência quântica do FSII no período de menor precipitação. De acordo com os resultados obtidos pode-se inferir que as variações de precipitação influenciam a eficiência da utilização da energia luminosa absorvida pelas clorofilas em plantas do mamoeiro.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9948
Aparece nas coleções:PPGBV - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_2677_ METABOLISMO FOTOQUÍMICO NAS FOLHAS E PERFIL DA AT~1.pdf750.11 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.