Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9995
Título: DESEMPENHO FOTOSSINTÉTICO DE PLANTAS DE Jatropha curcas L. CULTIVADAS NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
Autor(es): GALAZZI, E. B.
Orientador: FRIGERI, R. B. C.
SILVA, D. M.
Coorientador: RENATA V.FONTES
Palavras-chave: Palavras-chaves: crescimento
trocas gasosas
fluorescência
Data do documento: 22-Dez-2011
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: GALAZZI, E. B., DESEMPENHO FOTOSSINTÉTICO DE PLANTAS DE Jatropha curcas L. CULTIVADAS NO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
Resumo: RESUMO Neste trabalho foram utilizadas plantas de pinhão manso (Jatropha curcas L.), no mesmo estádio de desenvolvimento e sob iguais condições de manejo cultural, cultivadas em duas fazendas comerciais: uma na região norte, litorânea (Pontal do Ipiranga, Linhares) e a outra na região noroeste, montanhosa (Itarana) do Estado do Espírito Santo com o objetivo de avaliar o desempenho fotossintético in situ. Foram realizadas medidas durante um ano (maio/2010 a maio/2011) do crescimento, índice de clorofila, trocas gasosas, fluorescência transiente e modulada da clorofila a. Análises in vitro dos teores de clorofila e da atividade de enzimas antioxidantes também foram realizadas. Os resultados obtidos mostraram que as plantas cultivadas no interior do estado do Espírito Santo apresentaram maior crescimento em altura e maior eficiência real do uso da água (A/E). As plantas desta região também apresentaram menor atividade antioxidante (SOD, CAT e APX) em resposta a uma menor produção de espécies reativas de oxigênio (ROS). As plantas cultivadas no litoral, com solo de menor disponibilidade de nutrientes, apresentaram maiores teores de clorofila a e b, maiores taxas de fotossíntese líquida (A) e maiores índices de desempenho fotoquímico. Infere-se, portanto que as plantas de pinhão manso possuem estratégias adaptativas que lhes permitem viver em ambiente de condições adversas. Além disso, a fluorescência transiente da clorofila a mostrou-se eficiente para avaliar o desempenho fotossintético de plantas do pinhão manso cultivadas sob condições de estresse ambientais: hídrico, térmico e nutricional.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9995
Aparece nas coleções:PPGBV - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_5801_DISSERTAÇÃO Evelline Galazzi.pdf1.08 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.