Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10589
Título: Avaliação clínica da condição periodontal e de saúde bucal de pacientes com síndrome de sjögren primária
Autor(es): Zamboni, Jisely Brito
Orientador: Barros, Liliana Aparecida Pimenta de
Data do documento: 19-Set-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A Síndrome de Sjögren Primária (SSp) é uma doença inflamatória crônica, autoimune, que provoca redução da secreção das glândulas salivares e lacrimais. Apesar do importante papel da saliva sobre a saúde bucal ainda não está confirmado se a SSp exerce influência sobre a condição periodontal dos indivíduos portadores da SSp. O objetivo do presente estudo foi avaliar clinicamente a condição de saúde bucal de pacientes com SSp comparados com um grupo controle. A amostra foi composta por 29 pacientes do sexo feminino com SSp (G1) e 30 pacientes controles (G2), pareados por idade, gênero e condição socioeconômica. Os grupos foram comparados para manifestações bucais, fluxo salivar não estimulado, índice de dentes cariados, perdidos e obturados (CPO-D), índice de placa (IP), índice gengival (IG), sangramento à sondagem (SS), profundidade de sondagem (PS), nível de inserção clínico (NIC) e definição de caso de periodontite. Para as variáveis categóricas foi utilizado o teste Qui quadrado ou teste Exato de Fisher e para as variáveis contínuas, o teste t Student para comparação das médias. O intervalo de confiança estabelecido para todos os cálculos foi de 95% (p≤0,05). O G1 apresentou mais casos de xerostomia (p=0,0001), candidíase oral (p=0,042) e língua fissurada (p=0,026), além disso, menor média de fluxo salivar não estimulado (p=0,001) e maior média de cárie dentária (p=0,019). O G2 teve mais casos de língua saburrosa (p=0,009), maiores médias de IP (p=0,047) e SS (p=0,026). Apesar de não ter diferença estatisticamente significante, o G1 apresentou mais casos de periodontite moderada/severa e periodontite estágio IV, além disso, foi o único a apresentar casos de mobilidade dentária (13,8%) e supuração (3,4%). Os resultados encontrados não obtiveram significância estatística que comprovasse a relação da SSp e a periodontite. O G1 apresentou menor fluxo salivar não estimulado, maior acometimento por cárie e candidíase oral, comparado com o G2. Os grupos avaliados foram estatisticamente semelhantes em relação aos índices periodontais, mas observou-se maior número de pacientes com quadros de maior severidade de periodontite no grupo caso no G1.
Primary Sjögren's Syndrome (SSp) is a chronic, autoimmune inflammatory disease that causes reduced secretion of the salivary and lacrimal glands. Despite the important role of saliva on oral health, it is still not confirmed whether SSp exerts influence on the periodontal condition of individuals with SSp. The aim of the present study was to evaluate clinically the oral health status of SSp patients compared to a control group. The sample consisted of 29 female patients with SSp (G1) and 30 control patients (G2), matched by age, gender and socioeconomic status. The groups were compared for oral manifestations, unstimulated whole saliva, index of decayed and missing teeth (DMFT), plaque index (PI), gingival index (GI), bleeding probing (BOP), depth of probing (PS), clinical insertion level (CIL) and case definition of periodontitis. Chi square test or Fisher exact test was used for the categorical variables, and for the continuous variables, Student t test for comparison of means. The confidence interval established for all calculations was 95% (p≤0.05). The G1 presented more cases of xerostomia (p = 0.0001), oral candidiasis (p = 0.042) and fissured tongue (p = 0.026). In addition, G1 had a lower average of unstimulated whole saliva (p = 0.001) tooth decay (p = 0.019). The G2 had more cases of flavonoid (p = 0.009), higher mean PI (p = 0.047) and SS (p = 0.026). Although not statistically significant, G1 presented more cases of moderate / severe periodontitis and stage IV periodontitis. In addition, it was the only one to present cases of tooth mobility (13.8%) and suppuration (3.4%). The results obtained did not reach statistical significance to confirm the relationship between SSp and periodontitis. G1 presented lower unstimulated whole saliva, greater caries involvement and oral candidiasis, compared to G2. The groups evaluated were statistically similar in relation to periodontal indices, but a larger number of patients with periodontitis severity were observed in the G1 group.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10589
Aparece nas coleções:PPGCO - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12519_Dissertação_Jisely Brito Zamboni (1).pdf2.05 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.