Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10808
Título: Desenvolvimento farmacotécnico de suspensão oral reconstituída contendo complexo furazolidona:β-ciclodextrina.
Autor(es): SIQUEIRA, L. A.
Orientador: Konishi, Janaina Cecília Oliveira Villanova
Coorientador: Zanini, Marcos Santos
Palavras-chave: Atividade leishmanicida
Complexo de inclusão
Estabilidade
Data do documento: 20-Nov-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A leishmaniose cutânea canina (LCC) é uma doença infecciosa, causada por um protozoário do gênero Leishmania, de transmissão vetorial, que acomete pele e mucosa. É considerada uma zoonose que afeta animais e homens. Atualmente não existe uma farmacoterapia disponível para o tratamento da LCC no Brasil. Assim, a busca por alternativas farmacêuticas para uso nos animais tem sido objeto de inúmeras pesquisas. A atividade leishmanicida da furazolidona vem sendo estudada por diversos autores e, uma vez que o fármaco não é utilizado no tratamento das leishmanioses no homem, seu uso para o tratamento da LCC pode ser considerado. Neste sentido, o objetivo do presente trabalho foi dar continuidade à pesquisa desenvolvida pelo grupo com vistas a desenvolver um novo medicamento para tratar a leishmaniose cutânea em cães. Na presente etapa do trabalho, foi proposto o desenvolvimento farmacotécnico de uma suspensão oral reconstituída contendo o complexo furazolidona:β-ciclodextrina preparado na razão 1:2 e obtido por malaxagem. Incialmente, foram preparados veículos estruturados contendo a carboximetilcelulose sódica como agente suspensor, nas concentrações 0,3%, 0,4%, 0,5% e 0,6% p/v. Flavorizante de uso veterinário sabor bacon foi utilizado para adequar o sabor da formulação ao paladar dos cães. Os veículos tiveram o pH, a viscosidade e o comportamento reológico estudados. Em seguida, o complexo foi incorporado nas formulações, que foram submetidas a ensaios para avaliação da estabilidade física, a saber, pH, tamanho de partícula, potencial zeta, velocidade de sedimentação e tempo de reconstituição. Finalmente, para determinação do teor de fármaco na suspensão, um método de doseamento por espectrometria na região do ultravioleta foi validado. O veículo que apresentou melhor viscosidade foi aquele contendo 0,5% p/v do espessante, sendo o comportamento reológico observado, o de um fluido não-Newtoniano pseudoplástico, adequado ao requerimento das8 suspensões. O índice de dispersão obtido para as partículas foi de 3,68 e o sistema pode ser considerado polidisperso, o que foi confirmado na análise por microscopia eletrônica de varredura. O tamanho médio das partículas foi inferior a 10 µm e o potencial zeta da suspensão em pH 6,0 foi -59 mV, podendo o sistema ser considerado floculado. A suspensão apresentou volume de sedimentação adequado e pequeno tempo de redispersão, não sendo observada a formação de aglomerado rígido, o que contribui para a uniformidade de doses. Por fim, o método de doseamento proposto mostrou-se específico, linear, exato, preciso e robusto, podendo ser utilizado com segurança para o doseamento do fármaco complexado na suspensão oral reconstituída. O teor de fármaco encontrado foi 104,7%.Considerando que os produtos farmacêuticos devem conter de 90 a 110% do princípio ativo declarado em seus rótulos para serem considerados estáveis do ponto de vista químico, a formulação atendeu a este requisito.
Canine cutaneous leishmaniasis (LCC) is an infectious disease, caused by a protozoan of the genus Leishmania, vector transmission, which affects skin and mucosa. It is considered a zoonosis that affects animals and men. There is currently no pharmacotherapy available for the treatment of LCCin Brazil. Thus, the search for pharmaceutical alternatives for use in animals has been the subject of numerous researches. The leishmanicidal activity of furazolidone has been studied by several authors and, since the drug is not used in the treatment of leishmaniasis in man, its use for the treatment of LCCcan be considered. In this sense, the objective of the present work was to continue the research developed by the group with a view to developing a new medicine to treat cutaneous leishmaniasis in dogs. In the present stage of the work, the pharmacotechnical development of a reconstituted oral suspension containing the furazolidone: β-cyclodextrin complex prepared in the ratio 1: 2 and obtained by malaxation was proposed. Initially, structured carriers containing sodium carboxymethylcellulose as suspending agent were prepared in concentrations 0.3%, 0.4%, 0.5% and 0.6% w / v. Flavoring veterinary use of bacon flavor was used to tailor the flavor of the formulation to the palate of dogs. The vehicles had pH, viscosity and rheological behavior studied. The complex was then incorporated into the formulations, which were tested for physical stability, namely, pH, particle size, zeta potential, sedimentation rate and reconstitution time. Finally, for the determination of the drug content in the suspension, a spectrophotometric assay method in the ultraviolet region was validated. The vehicle having the best viscosity was the one containing 0.5% w / vof the thickener, and the rheological behavior observed was that of a non-Newtonian pseudoplastic fluid, adequate to the requirement of the suspensions. The dispersion index obtained for the particles was 3.68 and the system can be considered polydispersed, which was confirmed by the analysis by scanning electron microscopy. The mean particle size was less than 10 11μm and the zeta potential of the suspension at pH 6.0 was -59 mV, and the system could be considered flocculated. The suspension presented adequate sedimentation volume and a small redispersion time, and the formation of rigid agglomerates was not observed, which contributes to the uniformity of doses. Finally, the proposed assay method showed to be specific, linear, accurate, precise and robust, and can be safely used for the dosing of the complexed drug in the reconstituted oral suspension. The drug content was 104.7%. Considering that pharmaceuticals should contain from 90 to 110% of the active principle declared on their labels to be consideredchemically stable, the formulation met this requirement
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10808
Aparece nas coleções:PPGCV - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12287_LARISSA ATAIDE SIQUEIRA.pdf1.59 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.