Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10858
Título: Histórias vividas, histórias contadas : refazendo território de Regência após o crime ambiental da Samarco no Rio Doce
Autor(es): Martins, Angélica do Nascimento
Orientador: Moreira, Renata Couto
Data do documento: 28-Ago-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Este estudo mostra como os moradores de Regência Augusta, distrito de Linhares – ES, ressignificam e refazem seu território, após a passagem da lama de rejeitos de minério da Samarco no Rio Doce. Pretende-se investigar a partir do olhar dos moradores como está ocorrendo o processo de transformação no modo de vida e de suas atividades frente aos impactos ocasionados pela empresa mineradora Samarco, e como a comunidade está resistindo para resgatar suas tradições e serem reconhecidos como atingidos. A pesquisa de campo foi realizada na comunidade, por meio de metodologia qualitativa, através da realização de dois grupos focais no intuito de compreender a dinâmica de vida dos moradores de Regência Augusta, suas lutas, organização e transformações neste território. A análise baseia-se em relatos dos moradores, relatórios e reportagens. A observação e análise nos levam aos seguintes resultados: a comunidade inteira foi atingida e expropriada de seu território, cultura e direitos; A alteração constante do modo vida da comunidade que tem relação intrínseca com a natureza; A principal ocupação da atividade da pesca foi alterada; a comunidade resiste através das lutas e das atividades voltadas a restabelecer o modo de vida da Vila de Regência.
This study shows how the residents of the Regência Augusta, Linhares district - ES, re-signify and rebuild their territory, after the passage of the Samarco ore sludge from the Rio Doce. It is intended to investigate from the perspective of the residents how the transformation process is taking place in the way of life and in his activities in the face of the impacts caused by the mining company Samarco, and how the community is resisting to recover their traditions and to be recognized as affected. Field research was carried out in the community, through a qualitative methodology, through the realization of two focus groups in order to understand the life dynamics of residents of the Regência Augusta, their struggles, organization and transformations in this territory. The analysis is based on residents' reports, reports and reports. The observation and analysis lead us to the following results: the entire communities have been hit and expropriated of their territory, culture and rights; The constant change in the way of life of the community that has an intrinsic relation with nature; The main occupation of the fishing activity was changed; the community resists through struggles and activities aimed at restoring the way of life of the Regency Village.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10858
Aparece nas coleções:PPGPS - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12571_Angélica N. Martins.pdf2.57 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.