Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10910
Título: Razões que levaram os consumidores de energia elétrica a se transformarem em geradores : uma análise da geração fotovoltaica na cidade de Vitória-ES
Título(s) alternativo(s): Razões que levaram os consumidores de energia elétrica a se transformarem em geradores : uma análise da geração fotovoltaica na cidade de Vitória-ES em 2017
Autor(es): Oliveira Junior, Luiz Guilherme
Orientador: Campos, Adriana Fiorotti
Coorientador: Felipe, Ednilson Silva
Data do documento: 2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Com a entrada em vigor da Resolução Normativa ANEEL n.º 482/2012 (complementada pela Resolução Normativa ANEEL n.º 687/2015) e com a criação do Sistema de Compensação de Energia Elétrica (mecanismo nacional de Net Metering) surgiu, no Brasil, a possibilidade de o consumidor gerar energia elétrica própria através de fontes renováveis (Geração Distribuída de pequena escala), tendo como suporte um espaço regulatório definido e desburocratizado. É um modelo que é vislumbrado para atrair benefícios ambientais e sociais, por ser baseado em pequenos projetos de geração de energia elétrica, e que por sua vez podem induzir padrões de consumo mais sustentáveis . Neste contexto identificar e analisar as razões que levaram os consumidores de energia elétrica a se transformarem em geradores solares fotovoltaicos, apesar da inviabilidade econômico-financeira de projetos, irá contribuir para decisões de futuros micro e minigeradores no propósito de optarem por essa geração. Para tanto, a metodologia utilizada foi baseada em pesquisas bibliográfica e documental e os objetivos alcançados por meio de um questionário de pesquisa aplicado a 26 Unidades Consumidoras listadas na Agencia Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) como geradoras de energia elétrica própria por meio de Unidades Geradoras Fotovoltaicas na cidade de Vitória - ES. O trabalho deixa uma contribuição de proposições para o setor de GD e analisa as políticas públicas existentes. Concluiu-se que, mesmo que a GD não faça parte de uma política estratégica consolidada; falta de conhecimento da própria Resolução e outros incentivos diretos, os geradores fotovoltaicos estão satisfeitos com o sistema, mas não o instalaram devido somente para buscar redução no valor de suas contas de energia elétrica e o acesso a incentivos fiscais e regulatórios, mas sim, para sustentar suas crenças do ponto de vista ambiental.
With the entry into force of ANEEL Normative Resolution No. 482/2012 (supplemented by ANEEL Normative Resolution No. 687/2015) and with the creation of the Electric Energy Compensation System (the national mechanism of Net Metering), it has emerged, in Brazil, the possibility of the consumer generating their own electricity through renewable sources (distributed generation of small scale), having as support a defined and unbureaucratic regulatory space. It´s a model that is glimpsed to attract environmental and social benefits because it is based on small electric power generation projects, which in turn can induce more sustainable consumption patterns. In this context, identify and analyze the reasons that led the electric power consumers to become solar photovoltaic generators, despite the economic and financial unfeasibility of projects, will contribute to decisions of future micro and mini-generators in order to opt for this generation. The methodology used was based on bibliographical and documentary research and the objectives achieved through a research questionnaire applied to 26 Consumer Units listed at ANEEL as generators of their own electricity through Photovoltaic Generating Units in the city of Vitória, Espírito Santo state. The work leaves a contribution of propositions of propositions to the sector of distributed generation (DG) and analyzes the present public policies. It was concluded that even if DG is not part of a consolidated and strategic policy; lack of knowledge of the Resolution itself and other direct incentives, photovoltaic generators are satisfied with the system, but have not installed it due only to seeking a reduction in the value of their electricity bills and access to fiscal and regulatory incentives, but rather to sustain their beliefs from the environmental point of view.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10910
Aparece nas coleções:PPGESA - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12774_2018.OLIVEIRA, L. G. (1).pdf3.16 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.