Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10927
Título: Dinâmica do fluxo e de reservatórios de carbono de três morfotipos de Paubrasilia echinata Lam. na fase juvenil e adulta, sob irradiância contrastante
Autor(es): Martins, Carlos Augusto Pagotto
Orientador: Cuzzuol, Geraldo Rogério Faustini
Data do documento: 20-Fev-2019
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Diante da necessidade de gerar maior conhecimento sobre as melhores condições para o reflorestamento com espécies nativas, sua preservação e sobre a qualidade da madeira utilizada na confecção de arcos para instrumentos musicais de corda, este trabalho teve como objetivo avaliar as trocas gasosas e o tamanho dos reservatórios de carbono de três morfotipos de Paubrasilia echinata Lam. na fase juvenil e adulta, sob elevada e baixa irradiância. Para alcançar esse propósito, foram realizados dois experimentos. O primeiro analisou a fotossíntese e os reservatórios de carbono na forma estrutural (parede celular) em folhas e caules de plantas juvenis dos morfotipos pequeno, médio e grande de P. echinata, expostas ao pleno sol e sombra artificial. No segundo experimento, também foram analisadas as mesmas variáveis do primeiro experimento, porém, em plantas adultas dos três morfotipos com 12 anos de idade, plantadas em pleno sol e em sombra natural sob um bosque de fragmento da floresta Atlântica. Os teores de carboidratos não estruturais (glicose, frutose, sacarose e amido) foram analisados apenas no segundo experimento. Plantas juvenis dos três morfotipos apresentaram baixos teores de celulose caulinar nas duas condições de luz. Os morfotipos médio e grande investiram mais na produção de celulose e hemicelulose foliar na sombra, enquanto em pleno sol houve maior incremento de lignina. Plantas adultas dos três morfotipos apresentaram maiores teores de lignina nos caules e folhas em pleno sol. Nos caules das plantas adultas foi observada ainda, menor concentração dos açucares solúveis (glicose e frutose) e um acúmulo maior de sacarose e amido nos morfotipos médio e grande em pleno sol. A assimilação de CO2, condutância estomática, transpiração e eficiência de uso da água, mostraram melhor desempenho do morfotipo pequeno na sombra enquanto dos morfotipos médio e grande, em pleno sol, tanto em plantas juvenis quanto nas adultas. Diante desses resultados, fica evidente a classificação funcional dos morfotipos médio e grande como heliófilos e do morfotipo pequeno como umbrófilo.
In view of the need to generate more knowledge about the best conditions for reforestation with native species, their preservation and on the quality of the wood used in the making of arches for string musical instruments, this work had as objective to evaluate the gas exchanges and the size of the carbon reservoirs of three morphotypes of Paubrasilia echinata Lam. in the juvenile and adult phases, under high and low irradiance. To achieve this purpose, two experiments were carried out. The first one analyzed photosynthesis and structural carbon (cell wall) structures in leaves and stems of juvenile plants of the small, medium and large morphotypes of P. echinata exposed to full sun and artificial shade. In the second experiment, the same variables of the first experiment were also analyzed, however, in adult plants of the three morphotypes with 12 year-old planted in full sun and natural shade under a forest of Atlantic forest fragment. The nonstructural carbohydrate contents (glucose, fructose, sucrose and starch) were analyzed only in the second experiment. Juvenile plants of the three morphotypes presented low levels of cellulose in the two light conditions. The medium and large morphotypes invested more in the production of cellulose and foliar hemicellulose in the shade, while in the full sun there was a greater increase of lignin. Adult plants of the three morphotypes presented higher levels of lignin in the stems and leaves in full sun. In the stems of adult plants, a lower concentration of soluble sugars (glucose and fructose) and a higher accumulation of sucrose and starch were observed in medium and large morphotypes in the full sun. The assimilation of CO2, stomatal conductance, transpiration and water use efficiency showed better performance of the small morphotype in the shade while the medium and large morphotypes, in full sun, in both juvenile and adult plants. In view of these results, the functional classification of the medium and large morphotypes as heliophiles and the small morphotype as umbrófilo is evident
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10927
Aparece nas coleções:PPGBV - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_12923_Resumo.CarlosAugustoPagottoMartins.PPGBV.pdf288.89 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.