Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11180
Título: Corpo, cotidiano e sensorialidade : dimensões carnais no cinema contemporâneo
Autor(es): Ribeiro, Leonardo Felipe Vieira
Orientador: Vieira Junior, Erly Milton
Data do documento: 23-Mai-2019
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Este trabalho financiado pela CAPES tem como objetivo investigar o apelo háptico da experiência cinematográfica, sua relação com o corpo do espectador, definir suas medidas e seus limites no contato ambos, identificando e refletindo sobre essas experiências estéticas e corporais. O estudo leva em conta a experiência do espectador, enquanto um corpo com esquema sensorial expressivo. A participação do corpo na experiência cinematográfica é essencial, testada no exercício de grupos focais. Os modos como o som podem ser usados para deduzir as sensações de espaciais e fisiológicas para demonstrar esses problemas. São objetos de estudo os filmes O abismo prateado, de Karim Aïnouz, e A mulher sem cabeça (La mujer sin cabeza), de Lucrecia Martel, para provar os pressupostos teóricos construídos nesta busca. Na relação entre esses filmes e o espectador, dentro de seus universos estéticos e narrativos, o que se quer é entender como o cinema contemporâneo emula sensações corporais e estabelece um contato mútuo e carnal com o espectador.
This work, funded by CAPES, aims to investigate the apoptical of the cinematic experience, its relationship with the body of the spectator, define its measures and its limits at the same time, identifying and reflecting on these physical and corporate experiences. The study takes into account the experience of the viewer as a body with expressive sensory scheme. The participation of the body in the cinematic experience is essential, tested in the exercise of focus groups. Modes like sound can be used to deduce the spatial and physiological sensations to demonstrate these problems. Karim Aïnouz's The silver cliff (O abismo prateado), and Lucrecia Martel's The headless woman (La mujer sin cabeza), are objects of study to prove the theoretical assumptions built in this quest. In the relationship between these films and the spectator, within their aesthetic and narrative universes, one wants to understand how contemporary cinema emulates bodily sensations and establishes a mutual and carnal contact with the spectator.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11180
Aparece nas coleções:PPGA - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_13236_Dissertação - Leonardo Ribeiro (provisória).pdf2.11 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.