Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3907
Título: Gerenciamento da quantidade e da qualidade de água cinza em uma edificação residencial de alto padrão com vistas ao seu reuso não-potável
Autor(es): Valentina, Renata Spinassé Della
Orientador: Gonçalves, Ricardo Franci
Data do documento: 27-Fev-2009
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: VALENTINA, Renata Spinassé Della. Gerenciamento da qualidade e da quantidade de água cinza em uma edificação residencial de alto padrão com vistas ao seu reúso não-potável. 2009. 162 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Espírito Santo, Centro Tecnológico
Resumo: Uma forma de prevenir a escassez de água é favorecer o estímulo do seu uso através de uma gestão integrada, incentivando o uso racional e favorecendo o desenvolvimento de sistemas sustentáveis. Dentre as fontes alternativas de água, a água cinza é considerada a opção mais favorável devido a sua disponibilidade e a baixa concentração de poluentes. Este trabalho teve como objetivo pesquisar a produção e as características físico-químicas e biológicas da água cinza gerada em uma edificação residencial de alto padrão, bem como avaliar o desempenho de uma estação compacta de tratamento de água cinza (ETAC) para reúso não potável na própria edificação. A ETAC consiste de um tratamento combinado anaeróbio-aeróbio seguido de filtração terciária e desinfecção com cloro. As fontes geradoras de águas cinza na edificação são os chuveiros, lavatórios, máquinas de lavar e tanque localizado na área de serviço, que, após o tratamento na ETAC, são reutilizadas nas descargas de bacias sanitárias, lavagem de pisos e rega de jardins. A quantidade de água cinza produzida e o consumo de água de reúso foram avaliados através de cinco hidrômetros instalados no edifício, tanto por leituras diárias quanto por perfis de 24 h. A produção de água cinza foi em média de 13660 L.dia-1, enquanto que o consumo da água de reúso foi, em média de 4327 L.dia-1. O maior consumidor de água de reúso na edificação foram as descargas das bacias sanitárias, representando 83% do consumo. Através do perfil de 24 h pode-se concluir que o horário de maior produção de água cinza coincide com o horário de maior consumo de água de reúso, que é no intervalo entre 12-14 h
Aparece nas coleções:PPGEA - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_3159_Dissertação Renata_Versão Final.pdf2.05 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.