Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7161
Título: Toxoplasma gondii : isolamento, caracterização biológica e molecular de amostras provenientes de galinhas (Gallus gallus domesticus) em propriedades rurais do Estado do Espírito Santo, Brasil
Autor(es): Ferreira, Tamiris Cristine Ribeiro
Orientador: Fux, Blima
Coorientador: Vitor, Ricardo Wagner de Almeida
Data do documento: 29-Abr-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: FERREIRA, Tamiris Cristine Ribeiro. Toxoplasma gondii: isolamento, caracterização biológica e molecular de amostras provenientes de galinhas (Gallus gallus domesticus) em propriedades rurais do Estado do Espírito Santo, Brasil. 2016. 72 f. Dissertação (Mestrado em Doenças Infecciosas) - Programa de Pós-Graduação em Doenças Infecciosas, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2016.
Resumo: Toxoplasma gondii, causador da toxoplasmose, é capaz de infectar uma grande variedade de animais e apresenta alta prevalência mundial. Os felinos são considerados os hospedeiros definitivos. Entre os hospedeiros intermediários destacamos os mamíferos (inclusive o homem) e as aves. O homem pode se infectar por meio da ingestão de cistos teciduais presentes na carne das aves de abate. Dessa forma, torna-se importante o conhecimento dos aspectos biológicos e moleculares do parasito, possibilitando maior integração com a epidemiologia. Neste trabalho, foi realizada triagem sorológica por Hemaglutinação Indireta em 57 galinhas caipiras utilizadas para consumo humano, provenientes do estado do Espírito Santo, Brasil. Destas, 13 galinhas apresentaram sorologia positiva para T. gondii. O coração e o cérebro de cinco galinhas positivas foram colhidos, pepsinizados e inoculados separadamente em dois camundongos suíços fêmeas pela via intraperitoneal. Observou-se taquizoítos no peritônio de todos os animais, entre sete e 10 dias após o inóculo. Obteve-se 10 isolados que foram mantidos por repique realizado com cistos cerebrais. Para caracterizar biologicamente os 10 isolados, grupos de 5 camundongos BALB/C fêmeas foram inoculados com 101, 102, 103, 104 taquizoítos por animal. Todos os isolados foram considerados virulentos ou de virulência intermediária, ou seja, nenhum animal infectado sobreviveu após período de observação de 30 dias. A caracterização molecular dos isolados, realizada por PCR-RFLP, demonstrou a ocorrência de três genótipos distintos. Nenhum isolado apresentou genótipo clonal (Tipo I, II ou III) ou linhagem clonal do Brasil (BrI, BrII, BrIII e BrIV). Não foi observada diferença molecular (padrões de PCR-RFLP) entre os isolados obtidos a partir do cérebro ou do coração da mesma ave. Dois isolados já haviam sido relatados na literatura como causadores de doenças em humanos. Esses resultados contribuíram para conhecer as cepas circulantes no estado do Espírito Santo e que já foram identificadas em outros locais do Brasil e do mundo.
Toxoplasma gondii, source of toxoplasmosis, is able to infect a wide variety of animals and presents high prevalence worldwide. Felines are considered the parasite’s definitive hosts. Among the intermediate hosts, mammals (including the man) and birds are the most important. Humans can be infected by the ingestion of tissue cysts present in the meat of processed birds. In this manner, it is important to know the parasite’s biological and molecular aspects, enabling higher integration to its epidemiology. In this study, taken place in the state of Espírito Santo, Brazil, 57 free-range chickens used for human consumption were submitted to serological trial using indirect hemagglutination. From these, 13 chickens were considered positive. The hearts and brains of five positive chickens were collected, pepsinized and inoculated separately in two female Swiss mice via intraperitoneal injection. Tachyzoites were observed in the peritoneum of all these animals between seven and ten days after inoculation.10 isolates were obtained and maintained by successive culture with brain cists. To biologically characterize the isolates, groups of 5 female BALB/C mice were inoculated with 101 , 102 , 103 , 104 tachyzoites per animal. All isolates were considered virulent or with intermediate virulence, that is, no infected animal has survived after a 30-day observation period. The molecular characterization of the isolated, performed by PCR-RFLP, has demonstrated the occurrence of three distinct genotypes. No isolated has presented clonal genotypes (types I, II or III) or Brazil’s clonal lineage (BrI, BrII, BrIII and BrIV). There was no molecular differences (PCR-RFLP patterns) observed between the isolates obtained from the brain or heart of the same bird. Two isolates had already been reported in literature as source of diseases in humans. These results contributed to identify the circulating strains in the Espírito Santo region that have already been identified in other places in Brazil and around the globe.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7161
Aparece nas coleções:PPGDI - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_9732_Dissertação 2 Tamiris Ribeiro NDI.pdf1.49 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.