Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9154
Título: A Plataforma Continental de Abrolhos : contexto paleoambiental, sismoestratigrafia e domínios sedimentares
Autor(es): D’Agostini, Danielle Peron
Orientador: Bastos, Alex Cardoso
Data do documento: 27-Abr-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A Plataforma Continental de Abrolhos está localizada na Margem Continental Leste Brasileira, entre os paralelos 17ºS e 20ºS. Esta plataforma abrange o maior e mais importante complexo recifal do Atlântico Sul bem como o maior banco de rodolitos do mundo. A complexa relação entre a geomorfologia e diversidade faciológica de fundo tem sido atribuído a uma interação de fatores oceanográficos, climáticos, antrópicos e evolutivos. O presente trabalho buscou testar a hipótese da paleotopografia antecedente como fator controlador da atual geomorfologia e do padrão de distribuição de fáceis, objetivando compreender quais os processos evolutivos influenciaram na formação desta plataforma. Um conjunto de dados foi coletado na Plataforma Continental e no Talude de Abrolhos, incluindo dados geofísicos (batimétricos e sísmicos), sedimentológicos (sedimentos superficiais e testemunhos) e imagens do fundo marinho. Os resultados foram apresentados em três capítulos: (1) A resposta do sistema plataforma-talude a processos evolutivos distintos com maior desenvolvimento de construções carbonáticas na região norte e um talude com morfologia típica de ambientes carbonáticos tropicais. Diferentemente, a região sul apresenta uma influência maior da sedimentação siliciclástica e morfologias sigmoidais no sistema plataforma-talude; (2) Uma investigação das paleotopografias antecedentes, indicando que estas controlaram o direcionamento dos sistemas de drenagens e o local do início da inundação nesta plataforma, diferenciando regiões com processos evolutivos distintos. (3) Uma apresentação dos paleoambientes nesta plataforma durante a transgressão pósÚltimo Máximo Glacial, indicando ambientes com influência de climas mais úmidos para este período ao longo da mesma. Os dados apresentados neste trabalho possuem relevância quanto à interação entre os fatores controladores em ambientes carbonáticos-siliciclásticos mistos e seu processo de evolução.
The Abrolhos shelf is located in the Eastern Brazillian continental margin between the 17ºS and 20ºS parallels. This shelf embraces the biggest and most important reefal complex in the South Atlantic and also the largest rodoliths bank in the World. The complex relation between geomorphology and diversity of bottom faciology has been associated to an interaction of evolutive, antropic, climate and oceanographic factors. The hypothesis of the anteceding paleotopography was tested as a controlling factor of the facies distribution pattern and modern geomorphology, aiming to understand which evolutive processes influenced the formation of the continental shelf. The dataset was acquired in the shelf and slope of the Abrolhos continental margin, including geophysical (bathymetry and seismic), sedimentological (surficial sediments and cores) and seabed imaging data. The results were presented in three chapters: 1) Shelf-slope system response to distinct evolutive processes, with major developing of carbonate constructions in the North region together with a classic slope morphology of tropical carbonate environments. In other way, the South region shows dominance of the siliciclastic sedimentation and sigmoid morphologies for the shelf-slope system; 2) Investigation of the anteceding paleotopographies influences as an indicative of its control over both the drainage systems and the starting flooding location in the shelf, as well as its differentiation of regions with distinct evolutive processes; 3) Presentation of paleoenvironments of the shelf during the post-last glacial maximum transgression, indicating the most humid climate influenced environments along the shelf during this period. The data became relevant in terms of the interaction between the controlling factors in mixed siliciclastic-carbonate environments and its evolution process.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9154
Aparece nas coleções:PPGOAM - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10942_Tese-Danielle Peron (1).pdf8.18 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.