Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9183
Título: O ensaio na crítica literária brasileira contemporânea
Autor(es): Maciel, Keila Mara de Souza Araújo
Orientador: Trefzger, Fabiola Simão Padilha
Data do documento: 29-Set-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Esta tese pretende compreender os motivos que fazem do ensaio a forma de escrita mais frequente na crítica literária brasileira do século XXI, num momento em que a crítica realiza uma revisão de sua atuação. Com esse intuito, os conceitos de dispositivo e contradispositivo, de Michel Foucault, tornam-se ponto de partida para a reflexão, o que permite reconhecer no ensaio a possibilidade de novos caminhos para a racionalidade no mundo contemporâneo, junto à literatura. O estudo acompanha o percurso do ensaio, que se desenvolve lado a lado com o processo de formação do pensamento crítico desde Michel de Montaigne, passando pela forte tradição crítica do Romantismo alemão, resgatada por Georg Lukács e Walter Benjamin, até encontrar, a partir da segunda metade do século XX, em Theodor Adorno e Roland Barthes desdobramentos ainda mais complexos para o ensaio crítico-filosófico. A partir dessas premissas, o trabalho de análise vai ao encontro de autores que exploram as possibilidades do ensaio em suas obras, tornando indissociáveis, em muitos momentos, texto literário e texto de crítica. As reflexões se voltam para os estudos teóricos e críticos de literatura, com destaque para os textos de Antonio Candido, Roberto Schwarz, Silviano Santiago, João Cezar de Castro Rocha, Alberto Pucheu e Nuno Ramos, com o objetivo de trazer à tona as contribuições do ensaio para os estudos literários no Brasil. Sobretudo no que se refere à inserção dos recursos estéticos da linguagem aos procedimentos de análise crítica, chegando a aproximar os extremos da constante flutuação entre a ordem objetiva e a ordem subjetiva da escrita literária, realçando a presença autoral e o posicionamento ético diante dos temas sobre os quais os autores arrolados nesta tese se propõem a pensar.
This thesis intends to understand the reasons that make the essay the most frequent form of writing in the Brazilian literary criticism of the 21st century, at a time when the critic reviews his performance. With this in mind, Michel Foucault's concepts of device and counter-device become a starting point for reflection, which allows us to recognize in the essay the possibility of new paths to rationality in the contemporary world, alongside literature. The study follows the course of the essay, which develops side by side with the process of formation of critical thinking from Michel de Montaigne, passing through the strong critical tradition of German Romanticism, rescued by Georg Lukács and Walter Benjamin, until finding, since the second half of the twentieth century, in Theodor Adorno and Roland Barthes even more complex developments for the critical-philosophical essay. From these premises, the work of analysis goes to meet authors who explore the possibilities of the essay in their works, making inseparable, in many moments, literary text and critical text. The reflections turn to the theoretical and critical studies of literature, with emphasis on the texts of Antonio Candido, Roberto Schwarz, Silviano Santiago, João Cezar de Castro Rocha, Alberto Pucheu and Nuno Ramos, with the aim of bringing to light the contributions of the essay for literary studies in Brazil. Especially with regard to the insertion of the aesthetic resources of the language to the procedures of critical analysis, even approaching the extremes of the constant fluctuation between the objective order and the subjective order of the literary writing, emphasizing the authorial presence and the ethical positioning before the themes which the authors referred to in this thesis propose to think.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9183
Aparece nas coleções:PPGL - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_11409_Tese Keila M. de S. A. Maciel.pdf1.84 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.