Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9424
Título: Filogeografia de Terpides sooretamae Boldrini & Salles (Ephemeroptera: Leptophlebiidae)
Autor(es): Rizzi, Evandro Apolinario
Orientador: Salles, Frederico Falcão
Coorientador: Paresque, Roberta
Data do documento: 11-Mar-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Terpides sooretamae Boldrini & Salles 2009 ocorre em diferentes biomas brasileiros, em cursos dágua com características ecológicas e físicas diversificadas da Mata Atlântica e do Cerrado. A literatura aponta para uma série de casos em que espécies que ocorrem em regiões diferentes, situadas em biomas distintos, apresentam ampla variabilidade a nível molecular. Este trabalho focou em explorar a relação entre a estrutura populacional de Te. sooretamae e a sua capacidade de dispersão em um sistema geograficamente diverso, ecologicamente relevante e molecularmente não explorado: os padrões da estruturação genética de diferentes populações. Para isso foi utilizado um total de 82 indivíduos; os mesmos foram submetidos à extração do DNA genômico e amplificação de duas regiões do mtDNA (COI e COII), purificação e sequenciamento. As sequências foram conferidas na ferramenta de busca por similaridade, alinhadas e editadas. Foram conduzidas análises filogenéticas de máxima-verossimilhança, diversidade haplotípica e geração de redes de haplótipos, AMOVA, testes de neutralidade e distribuição mismatch. Os resultados evidenciaram uma relação próxima entre os indivíduos do Sudeste e de Nordeste, com baixas taxas de variabilidade entre as sequências obtidas, sendo possível afirmar que as populações do Sudeste e do Nordeste mantêm fluxo gênico bidirecional. Os valores de Fs de Fu e D de Tajima e os gráficos de distribuição mismatch sugerem que ambas estão em processo de expansão populacional recente. As populações de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul apresentaram divergência alta em relação às populações do Sudeste e do Nordeste, sendo que Mato Grosso do Sul apresentou valores extremos. As populações de Mato Grosso do Sul, com alta variabilidade molecular em relação às demais populações e com uma posição distante das mesmas na árvore de máxima-verossimilhança, podem se tratar de uma espécie distinta de Te. sooretamae. Palavras-chave: dispersão, Mata Atlântica, fluxo gênico, diversidade críptica
Terpides sooretamaeBoldrini & Salles 2009occursin various Brazilian biomes, at watercourses ecologically and physically diversified from Atlantic rainforest and Cerrado (Brazilian savannah). The bibliographyexhibits many cases in which species that occur at different places, located atdistinct biomes, show large variability at molecular level. The aim of this work was to investigate the populational structure of Te. sooretamaeand its dispersion powerful ina geographically diverse, remarkable ecologically and unknown molecularly system: the genetic patterns of structuration of suchpopulationsat whole distributional range. For this purpose,it was utilized an amount of 155individuals. For the DNA extraction, it was applied a Promega®protocol of DNA extraction;two regions of mtDNA were amplified (COI and COII), purified and sequenced. The sequences (57 of COI and 80 of COII) were conferred with BLAST (similaritiessearch tool), after those was aligned and edited. Someanalysis were conducted, such as phylogenetic analysis of maximum-likelihood, calculations of haplotypic diversity and generation of haplotype networks, AMOVA, neutrality tests andmismatch distributions. The results show a strong affinity between individuals from Southeast Brazil and NortheastBrazil, with low values of genetic variation between its sequences; based on this, we can say that the populations from SoutheastBraziland Northeast Brazil keep birectional gene flow. The Fu’s Fs and Tajima’s D values plus the mismatch distribution graphics suggest that both populations are through in a recent demographic expansion. The populations from Mato Grosso and Mato Grosso do Sul, on the other hand, show high divergence compared to the Southeast and Northeast populations, where the ones from Mato Grosso do Sul show extremely high values. With high molecular variation compared to other populations and showing a peculiar position in the maximum-likelihood,the populations from Mato Grosso do Sul may constitute a distinct species
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/9424
Aparece nas coleções:PPGBAN - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_9605_EVANDRO-APOLINARIO-RIZZI_Dissertação_Biologia-Animal.pdf1.48 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.